Voo inaugural ratificou o interesse por Mato Grosso

Estratégia foca novas rotas partindo de Cuiabá com tarifas menores e bom serviço

Ex-presidente do Banco Central integra Conselho da Azul Linhas Aéreas
Azul e Petrobras fazem parceria para descontos em passagem aérea
Azul inicia operação de carga expressa

A Azul Linhas Aéreas Brasileiras selou definitivamente sua presença no mercado mato-grossense ao fazer ontem o “voo inaugural” com a presença do seu fundador e presidente do Conselho de Administração, David Neeleman, autoridades, empresários e representantes do trade turístico estadual. “Viemos para ficar”, afirmou Neeleman, anunciando que a empresa chegou com o propósito de promover a integração interregional a partir de Cuiabá. “Mato Grosso é um Estado que cresce em ritmo veloz e descobrimos este nicho para os nossos investimentos. Estamos orgulhosos em ter vindo para esta região próspera”.

Segundo o diretor de Marketing da Azul, Gianfranco Panda Beting, a região está carente de opções para destinos importantes como Campinas (SP), Maringá (PR), Porto Alegre (RS) e Rio de Janeiro. “Chegamos para suprir esta lacuna com um serviço eficiente e tarifas reduzidas”.

Os voos a partir de Cuiabá serão diretos, com preços promocionais. Cuiabá passou a ser servida por duas freqüências diárias ligando a Campinas sem escalas e a partir daí a todos os outros destinos atendidos pela Azul.

As passagens aéreas estão com tarifa promocional e o bilhete Cuiabá-Campinas varia a partir de R$ 99 por trecho, para viagens de ida e volta. Contudo, a promoção é válida para viagens realizadas até 30 de junho, com reservas feitas até a data de hoje.

Os voos partem de Campinas todos os dias às 8h12, com chegada a Cuiabá às 9h20 no aeroporto Marechal Rondon, em Várzea Grande. De Cuiabá, a decolagem acontece às 9h50, com chegada em Campinas às 12h58. Outras opções de horário são: saída de Campinas às 17h20, com chegada às 18h30 horas em Cuiabá, ou decolagem de Cuiabá às 19h e chegada a Campinas às 22h08. Todos os horários de embarque e desembarque levam em consideração dos horários locais (do destino).

PREÇOS – As tarifas também estão com valores reduzidos para outros destinos. Cuiabá-Belo Horizonte está saindo por R$ 199 e o trecho Cuiabá-Maringá, R$ 189. Cuiabá-Porto Alegre está custando R$ 299 e, para o Rio de Janeiro, R$ 179. Esses valores são válidos por trecho, para viagens de ida e volta, com compra antecipada de pelo menos 30 dias.

A frota da companhia conta com 15 aeronaves, operando em 21 cidades brasileiras. Cuiabá é a 22ª cidade a contar com a presença da Azul. Em todo o país a companhia transportou no ano passado 2,2 milhões de passageiros. A partir de Cuiabá, a empresa espera transportar 5,4 mil passageiros por mês, cerca de 65 mil por ano.

INTEGRAÇÃO – Panda afirmou que a meta da Azul é integrar a região através de um serviço eficiente e de boa qualidade para os passageiros.

Segundo empresários e representantes do trade turístico de Mato Grosso, a chegada da Azul a Cuiabá marca o início de uma nova fase para o turismo do Estado. “Nossos principais ganhos serão tarifas mais baixas e o conforto das aeronaves. Acredito que a Azul exercerá um papel muito importante no processo de integração regional, além de facilitar o deslocamento dos empresários para o turismo de negócio”, destaca o vice-presidente da Federação do Comércio do Estado (Fecomércio), Hermes Martins.

Oiran Gutierrez, presidente do Sindicato das Empresas de Turismo do Estado, diz que os passageiros ganham mais uma alternativa de voo com tarifas mais acessíveis. Segundo ele, a vinda da Azul poderá fomentar o turismo de negócio no Estado. “O fluxo de passageiros aumentou bastante nos últimos anos. Se aumentarmos os voos, teremos mais opções e poderemos atrair mais eventos. O trade turístico está satisfeito com a atitude da Azul”.

Link para a matéria original

COMMENTS