United Airlines testa novos métodos para economizar combustível e reduzir emissão de poluentes

No Dia Mundial do Meio Ambiente das Nações Unidas, a companhia aérea realizará dois voos transatlânticos visando a diminuir o impacto ambiental

Preço cai para R$ 2,07
Cosan e Braskem fecham acordo de sustentabilidade para produzir bioplástico
Preço do frete deixou de ser diferencial há tempos

A empresa aérea United Airlines realizou no sábado (5/06), Dia Mundial do Meio Ambiente das Nações Unidas, dois voos transatlânticos com o objetivo de reduzir os efeitos sobre o meio ambiente e economizar combustível. Estima-se uma redução de aproximadamente 9 toneladas de dióxido de carbono e uma economia de cerca de 2,9 toneladas de combustível. Para isso, a empresa usará um novo sistema de planejamento de voo, que calculará as melhores rotas, altitudes e velocidades, levando em conta os ventos e as capacidades dos aviões.

O trabalho será feito em parceria com a NAV Canada, o serviço de navegação aérea civil do Canadá, e a NATS, fornecedor de serviços para o controle do tráfego aéreo do Reino Unido. O uso da tecnologia Automatic Dependent Surveillance – Broadcast (ADS-B), novos procedimentos baseados no Future Air Navigation System (FANS) e uma velocidade de cruzeiro variável serão os principais elementos do teste.

A ação estudará os benefícios ambientais, o custo da aplicação das melhoras tecnológicas planejadas e a aplicação dos procedimentos de separação entre aviões e padrões de vigilância no corredor mais movimentado do espaço aéreo sobre o Atlântico Norte. “Esperamos que este esforço sirva de modelo para demonstrar como a cooperação e a coordenação podem gerar progressos significativos na direção da proteção do meio ambiente e melhorar nossa eficiência operacional”,  comenta Joseph Kolshak, vice-presidente sênior de Operações da United Airlines.

Por: Victor José – Redação Portal Transporta Brasil

COMMENTS