Porto de Rio Grande cresce 35% até fevereiro

Entre os granéis sólidos, o embarque de grãos subiu 451%, para 688 mil toneladas

TAP melhora resultados e Azul recebe aeronave
Troca de carro com mais de 10 anos poderá ter incentivo fiscal
Portos perdem maior competitividade por falta de dragagem

Estimulado pelo embarque de grãos, o movimento de cargas cresceu 35,4% em janeiro e fevereiro no porto de Rio Grande (RS), em comparação com o mesmo período de 2009. No total, foram movimentadas 3,2 milhões de toneladas, das quais 1,8 milhão de t no embarque de mercadorias. Entre os granéis sólidos, o embarque de grãos subiu 451%, para 688 mil toneladas. Deste volume, 310 mil toneladas foram de trigo (alta de 201%).

Também foram embarcadas 50 mil toneladas de milho. Ano passado, o porto gaúcho não teve operações com milho. No sentido inverso, o desembarque de cereais apresentou queda de 82% no bimestre. Somente o arroz teve alta, somando 94 mil toneladas desembarcadas. O movimento de contêineres foi recorde, com 100 mil TEUs (unidade equivalente a contêineres de 20 pés) neste período, 24% a mais em comparação a 2009, conforme levantamento divulgado pela superintendência do porto.

Já na Baixada Santista, o Órgão Gestor de Mão de Obra Avulsa do Porto de Santos (Ogmo-Santos) afirmou, ontem que visa parcerias na área da saúde, educação, entretenimento e serviços da região que resultam em descontos de preços aos trabalhadores portuários e seus dependentes.

Link para a matéria original

COMMENTS