Lula inaugura no sul da Bahia primeira etapa da Ferrovia Oeste-Leste

O lançamento marca o início das obras que terão como ponto de partida a cidade de Ilhéus e terminarão em Barreiras, no oeste baiano, passando pelas cidades de Caetité, Brumado, Bom Jesus da Lapa e Luiz Eduardo Magalhães

Rodovia em Mato Grosso tem diesel mais caro do Brasil
Postos de combustível na Bahia são alvo de ‘pente fino’ da ANP
Volvo VM mostra bom desempenho comercial para aplicações de Bombeiros

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o governador da Bahia, Jaques Wagner, participam agora à tarde, no Centro de Convenções de Ilhéus, no sul do estado, do lançamento dos editais para a contratação das empresas que irão construir os trechos da primeira etapa da Ferrovia de Integração Oeste-Leste.

O lançamento marca o início das obras que terão como ponto de partida a cidade de Ilhéus e terminarão em Barreiras, no oeste baiano, passando pelas cidades de Caetité, Brumado, Bom Jesus da Lapa e Luiz Eduardo Magalhães, com extensão total de 1.526 quilômetros. Quando concluída, ela será interligada à Ferrovia Norte-Sul em Figueiropólis, no estado do Tocantins.

Uma das obras prioritárias do governo, incluída no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), a ferrovia terá seu primeiro trecho concluído em 2013 e exigirá investimentos de R$ 6 bilhões.

Na avaliação da Engenharia, Construções e Ferrovias (Valec), órgão do Ministério dos Transportes, a obra será  relevante para a economia e o desenvolvimento da região – viabilizando o imenso potencial produtivo do interior e do oeste da Bahia.

Para a Valec, os setores mais beneficiados serão os de mineração e produção de grãos, que passarão a contar com uma estrutura de transporte das riquezas produzidas na região – tanto para o mercado interno quanto para as exportações.

Em sua segunda etapa, a Ferrovia de Integração Oeste-Leste interligará a cidade de Barreiras (BA) ao município de Figueiropólis, no Tocantins – com mais 524 quilômetros de trilhos.

Ainda em Ilhéus, o presidente fecha a programação com a assinatura de financiamento de R$ 30 milhões para a construção de mais 746 unidades habitacionais, no âmbito do programa Minha Casa, Minha Vida, nos municípios de Ilhéus, Itabetinga e Bom Jesus da Lapa. Em dezembro do ano passado, o presidente já havia assinado a liberação de R$ 414 milhões para a construção de 9.713 unidades habitacionais na região, beneficiando cerca de 50 mil pessoas.

De Ilhéus, o presidente segue no fim da tarde para São Paulo, onde passará o fim de semana.

Link para a matéria original

COMMENTS