Aviação regional ganha mais uma concorrente

A nova companhia iniciará suas operações com seis voos diários, utilizando um Boeing 737-300

Volvo cria novo turno para aumentar produção de caminhões no Paraná
Via Oeste altera tráfego na Castello Branco
Usina brasileira produz etanol no Sudão

Puxada pelo otimismo do mercado de aviação regional, a empresa Puma Air Linhas Aéreas chega ao mercado no final deste mês, com um plano inicial de investimentos de R$ 100 milhões, sendo 80% pertencente as empresas brasileiras Ipiranga Obras Publicas e Privadas e Gleison Gambogi, além de 20% de capital estrangeiro da empresa Angola Air Service, que opera na África.

A nova companhia iniciará suas operações com seis voos diários, utilizando um Boeing 737-300, que fará os primeiros voos entre Belém (PA), Macapá (AP) e Guarulhos (SP).

A Puma ainda pretende introduzir mais três aeronaves até junho. “Para os primeiros meses, as metas serão ousadas. O projeto de expansão da companhia prevê incorporar mais três aeronaves até meados de junho, a contratação de mais 150 colaboradores e o transporte de um milhão de passageiros nos primeiros 12 meses, prevendo um faturamento em 2010 de R$ 70 milhões”, antecipou o presidente da empresa Gleison Gambogi.

Gambogi também comentou que a empresa vislumbra positivos desdobramentos para o mercado de aviação nas regiões que os jogos da Copa do Mundo e das Olimpíadas que serão realizados no Brasil. “Estamos confiantes graças ao desenvolvimento da economia nacional”, finalizou ele.

Link para a matéria original

COMMENTS