Webjet transportou o dobro de passageiros no mês de janeiro

A companhia afirma ter transportado aproximadamente 437 mil passageiros, contra 211 computados em janeiro de 2009

Cumbica inaugura espaço para 1 milhão de passageiros
Gol recebe Boeing 737-800 com Sky Interior
Azul fecha acordo com de 10 pedidos firmes do ATR 72-600

Uma das empresas que irá participar da redistribuição dos horários de pousos e decolagens no (slots) no aeroporto de Congonhas, em São Paulo, a Webjet Linhas Aéreas transportou no mês de janeiro deste ano 107,2% a mais de passageiros que no mesmo período em 2009. A companhia afirma ter transportado aproximadamente 437 mil passageiros, contra 211 computados em janeiro de 2009. Entre outros fatores, a empresa atribuiu este aumento ao ganho de eficiência, que com o aumento da frota – área que pulou de 11 para 20 aeronaves -, passou a oferecer um número de assentos 75% superior em relação a janeiro de 2009.

Conforme o sorteio realizado ontem pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), a empresa será a 5º a escolher os slots no aeroporto paulista. Procurada pelo DCI, a empresa informou que só irá se pronunciar a respeito quando houver o sorteio.

Em relação a possibilidade de venda da empresa para a aérea irlandesa Ryanair, o presidente da companhia Wagner Ferreira informou, em nota, que entre os papéis que desempenha como principal executivo da companhia está o de atender aos contatos de outras empresas que atuam no mercado de aviação, além de conhecer as melhores práticas na indústria, que conduzem ao melhor desempenho do negócio. “Hoje, com mais de 5% de market share é natural que a Webjet mantenha contato e troque informações com empresas aéreas que operam em diversos mercados”, esclareceu Ferreira.

Slots

Ontem, a Anac suspendeu a distribuição dos 355 slots prevista para acontecer em Brasília (DF). A sessão será retomada na próxima quarta-feira, dia 10 de fevereiro. A mudança de data aconteceu devido a ação do Superior Tribunal de Justiça (STJ), que ainda não decidiu sobre os slots da empresa Pantanal Linhas Aéreas. Com isso, a Anac teve de suspender a sessão, pois a Pantanal havia entrado com um pedido no Tribunal para impedir a redistribuição de 61 slots do aeroporto de Congonhas, por descumprimento da meta de regularidade e pontualidade.

Segundo fonte do setor, o caso da Pantanal é igual ao da Varig. “O que é decidido para uma empresa, tem que ser igual para a outra. Não podendo haver distinções, mesmo porque a ideia inicial era a recuperação do aeroporto, e a abertura de novas concorrências”, afirmou a fonte, que preferiu não ser identificada.

Mesmo não acontecendo a distribuição dos slots, a Agência realizou o segundo sorteio para ordenar a sua escolha, começando pela Ocean Air, Gol/Varig, TAM, NHT, Webjet e Azul.

“Possuir apenas um par de slots na semana não é economicamente rentável para a companhia, que desde o principio o nosso plano de negócios não incluía Congonhas”, afirmou o diretor de Assuntos Institucionais da Azul Linhas Aéreas, Adalberto Febeliano. Entretanto, ele disse que a empresa vai receber o horário na distribuição, aí então avaliará a possibilidade desta nova rota. “É claro que Congonhas é importante, mas seria ainda melhor se abrissem mais horários no aeroporto”. ressaltou Febeliano, ao DCI.

Link para a matéria original

COMMENTS