Investimento duplicou recepção em Alto Araguaia

A fila, se dá mesmo com os investimentos de mais de R$ 11 milhões feitos pela ALL somente no terminal de Alto Araguaia, que teve como prioridade, dobrar a capacidade diária de recepção de grãos

Brado Logística faz projeção de 81 mil contêineres transportados em 2011
ALL dá início às inscrições de seu Programa de Engenheiros 2012
Brado Logística terá R$ 1 bilhão em investimentos nos próximos cinco anos

A ‘onda de caminhões’, como definiu Cruz, reflete exatamente o pico de safra da soja no Estado, onde os trabalhos se concentram na colheita do grão. A fila, como frisa o gerente, se dá mesmo com os investimentos de mais de R$ 11 milhões feitos pela ALL somente no terminal de Alto Araguaia, que teve como prioridade, dobrar a capacidade diária de recepção de grãos. Essa passou de 400 caminhões/dia em 2009 para 600/dia neste ano. Cada veículo transporta em média 37 toneladas.

“Este é um problema pontual, trabalhamos 24 horas, não paramos no Carnaval e ainda assim, houve problema”. Focado em produtividade, os recursos, em suma, foram destinados à aquisição e instalação de dois tombadores – equipamento que eleva o caminhão, inclinando-o, e assim promovendo descarga por gravidade -, pavimentação interna, correções sobre o pavimento e em 60 dias, após entendimento com o Ministério Público local, haverá a expansão do pátio, projeto que já possui licença ambiental.

“Nosso foco é o ganho de produtividade. Agora são quatro tombadores modernos e geram uma descarga ágil e eficaz. Caminhões que ficavam por até 20 horas nas dependências do terminal, hoje passam no máximo oito horas. Essa produtividade vale para a ALL, para os caminhoneiros, transportadores e produtores. A extensão do pátio vai também proporcionar melhor acomodação aos caminhoneiros”, explica.

Para as próximas duas safras, a ALL estará oferecendo novos terminais que vão descongestionar Alto Araguaia. Até 2011 estará operando um terminal em Itiquira (357 quilômetros ao sul de Cuiabá) e em 2012 – seguindo a retomada das obras de expansão da ferrovia em curso – uma unidade também em Rondonópolis (210 quilômetros ao sul de Cuiabá).

Para 2010 a ALL projeta um aumento de 20% sobre a movimentação de grãos, atingindo 12 milhões t, sendo que cerca de 90% da carga originada em Alto Araguaia. (MP)

Link para a matéria original

COMMENTS