Duplicação da Rodovia da Uva inicia nas próximas semanas (PR)

O Governo do Paraná vai investir cerca de R$ 15 milhões nesta primeira parte da duplicação que vai do Contorno Norte de Curitiba (PR-418) até a Rua Orlando Ceccon, em Colombo

Comissão aprova fiscalização da gestão do seguro obrigatório
Senadores discutem proposta que muda regra de cobrança de ICMS
Senado aprova projeto de lei que prorroga concessões no transporte rodoviário

Começam nas próximas semanas as obras de duplicação da Rodovia da Uva (PR-417), que liga os municípios de Curitiba e Colombo, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC). A ordem de serviço foi emitida nesta semana pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER). O Governo do Paraná vai investir cerca de R$ 15 milhões nesta primeira parte da duplicação que vai do Contorno Norte de Curitiba (PR-418) até a Rua Orlando Ceccon, em Colombo.

O secretário dos Transportes Rogério W. Tizzot explica que a obra está divida em dois lotes. “Temos este lote que está para ser iniciado com 6,5 quilômetros de extensão e o segundo, em licitação a um custo máximo de R$ 14 milhões, que liga a Rua Padre João Wislinsk, no bairro Santa Cândida, até o Contorno Norte com cerca de 4 quilômetros”.

Segundo Tizzot, a duplicação vai aumentar a segurança no trecho, diminuir o tempo de viagem e reorganizar o tráfego na rodovia que chega a 20 mil veículos por dia. “A rodovia não acompanhou o crescimento do município e da Região Metropolitana. A obra vai ampliar a capacidade do trecho, eliminar os redutores de velocidade, além de disciplinar o trânsito e evitar acidentes”.

A OBRA – De acordo com os técnicos do DER, além da implantação da nova pista, serão construídos canteiros de concreto mais altos – do tipo ‘New Jersey’ – o que vai evitar a travessia de pedestres fora dos pontos seguros.

Também serão construídas três rótulas em cruzamentos da rodovia com ruas das cidades. Uma das intervenções será feita nas proximidades da linha de transmissão da Copel, no Santa Cândida. As outras duas serão no Contorno Norte e na intersecção com a Rua Orlando Ceccon.

Link para a matéria original

COMMENTS