Dnit prevê para setembro entrega da duplicação da BR-101 entre RS e SC

Diretor diz que não devem ocorrer congestionamentos na rodovia quando a obra estiver pronta

Apesar de atraso nas obras, secretário diz que Arco Rodoviário será entregue no prazo
TAM e Gol não poderão embutir seguro na venda de passagens pela internet
Azul quer herdar área da Vasp em aeroporto

O diretor de Infraestrutura do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), Hideraldo Caron, falou hoje sobre os problemas nas rodovias, principalmente na ligação entre o Rio Grande do Sul e Santa Catarina, acentuados pelos congestionamentos no feriadão de Carnaval. Caron prevê para setembro a conclusão da duplicação deste trecho da BR-101, além de obras complementares a fim de eliminar tráfego nas vias laterais. Caron atribui a demora à conciliação entre a vida na cidade e o trânsito.

— Até meados do segundo semestre teremos a rodovia totalmente duplicada. Depois de setembro ainda teremos algumas obras complementares em vias laterais, mas a duplicação como um todo estará finalizada por volta de setembro de 2010. Os congestionamentos grandes que tivemos especialmente no final do ano não devem ocorrer neste ano — garantiu ele.
Caron ainda destacou problemas em pontos específicos da rodovia, como a travessia em Terra de Areia, e deu prazos para resolvê-los:

— A travessia de Terra de Areia, por exemplo, estamos trabalhando com a expectativa de que no máximo em 60 dias estaremos com toda a pista principal liberada. Vamos liberar completamente o tráfego nas ruas laterais. Com isso, vamos eliminar grande parte daquele congestionamento.

O diretor falou sobre as principais dificuldades da obra e os locais mais críticos.

— A dificuldade que temos para a conclusão do trecho no RS é a construção de uma ponte sobre o Rio Três Forquilhas. É um ponto crítico pois estamos desmanchando a ponte antiga. Outra questão importante é a produção de materiais das pedreiras. É importante que continue no ritmo que está hoje para garantirmos a conclusão até setembro. Em Santa Catarina, há ainda a travessia de Araranguá e o lote na sequência de Araranguá, que não está no mesmo ritmo dois demais — admitiu.

— Três obras ficaram para segunda etapa. Túneis do Morro do Formigão e do Morro dos Cavalos, em SC, e a ponte de Laguna, que deve ser licitada no mês que vem. Vamos ter ainda um estrangulamento até a execução de uma ponte nova — completou.

Ele ainda comentou as próximas etapas da duplicação da BR-386, no trecho entre Tabaí e Estrela. A ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, anunciou que a licitação sairia até o final deste mês e Caron está otimista em relação aos prazos da obra.

— Se tudo correr bem, até o final do mês, vamos lançar o edital da duplicação. O processo já está tramitando internamente. Provavelmente, vamos autorizar na reunião da próxima semana. Vamos ter prazo regulamentar de 30 dias e depois o julgamento. Acredito que até o final de abril já teremos as empresas contratadas. Acho que a obra pode ser executada em um ano e meio — adiantou o diretor.

Link para a matéria original

COMMENTS