Confaz divulga tabela com preços médios dos combustíveis para estados e DF

A publicação do Confaz é válida por 15 dias e deve servir de base para os preços praticados por 23 estados e o Distrito Federal, a partir do próximo dia 16

Governo quer mais facilidade no crédito a caminhoneiros para renovar frota de caminhões do país
Estado do RS e empresários acertam transporte fluvial de contêineres
ANTAQ prepara norma sobre trânsito seguro de produtos perigosos em instalações portuárias

Ato do Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz) publicado no Diário Oficial da União de hoje (9) divulga o preço médio ponderado ao consumidor final de combustíveis (gasolina, diesel, gás de cozinha – GLP, querosene de aviação, álcool combustível hidratado e gás natural).

A publicação do Confaz é válida por 15 dias e deve servir de base para os preços praticados por 23 estados e o Distrito Federal, a partir do próximo dia 16. A tabela é resultado de um levantamento quinzenal por amostragem, realizado nas principais cidades dos estados.

Os preços foram alterados no Distrito Federal e em dez estados: Alagoas, Amazonas, Amapá, Espírito Santo, Paraíba, Piauí, Rio de Janeiro, Rondônia, Santa Catarina e Sergipe.

A gasolina mais cara é vendida no Acre, onde o litro passa a custar R$ 2,98, e a mais barata, na Paraíba, a R$ 2,47. Nesses estados, o quilo do gás de cozinha (GLP) passa para R$ 2,99 e R$ 2,63, respectivamente. Geralmente o gás de cozinha para residências é vendido em bujões de 13 quilos.

O gás mais caro é vendido no Distrito Federal, a R$ 3,26 o quilo. A fixação dos preços leva em conta diversos fatores, entre eles, a safra, os tributos, os lucros e a distância de refinarias e distribuidores.

Link para a matéria original

COMMENTS