Boeing realiza primeiro voo do super cargueiro 747-8

Novo aparelho da fábrica americana realizou sua primeira missão com duração de 3 horas e 40 minutos, sob os olhares de cerca de 5 mil funcionários, clientes e fornecedores

United Airlines fecha pedido de 85 aeronaves Boeing
Boeing 787 Dreamliner pode voltar a realizar voos de passageiros
Boeing prevê demanda de mais de 38 mil aviões até 2035

“O cargueiro mais eficiente do mundo”. É assim que a Boeing define o novo 747-8, versão mais moderna para o transporte de cargas do velho quadrimotor conhecido popularmente como Jumbo. O modelo realizou na semana passada seu primeiro voo e teve sucesso em todo o procedimento, com duração de 3 horas e 40 minutos.

“Foi um verdadeiro privilégio estar no comando deste grande avião em seu primeiro voo, representando os milhares de colegas que tornaram isto possível”, disse o piloto-chefe do programa 747, Mark Feuerstein. “O avião teve o desempenho esperado e nós o pilotamos do mesmo modo do 747-400”, acrescentou.

O 747-8 Cargueiro é o mais novo 747 e dará maior capacidade aos operadores de carga, os menores custos operacionais e mais economia do que qualquer outro cargueiro. O avião tem 76,3 m de comprimento, 5,6 m a mais do que o 747-400 Cargueiro. Esta extensão permite aos clientes transportar 16% mais receita por volume de carga, se comparado com o seu antecessor. Isto é traduzido em quarto pellets a mais no deque superior e três outros no inferior.

A Boeing lançou o Boeing 747-8 Cargueiro em 14 de novembro de 2005, com 18 pedidos firmes: dez da Cargolux, de Luxemburgo, e oito da Nippon Cargo Airlines, do Japão. Dito isto, a Boeing já conta com 108 pedidos para o 747-8, dos quais 76 são para a nova versão cargueira. Cargolux, Nippon Cargo Airlines, AirBridgeCargo Airlines, Atlas Air, Cathay Pacific, Dubai Aerospace Enterprise, Emirates SkyCargo, Guggenheim e Korean Air tem encomendas do 747-8 Cargueiro.

Por Leonardo Helou Doca de Andrade – Redação Portal Transporta Brasil

COMMENTS