Presidente da Ferroeste defende em São Paulo trem-bala até Curitiba

A próxima etapa do trem-bala deve contemplar o trecho Curitiba-Campinas-Belo Horizonte

No 1º dia após início das obras, Ponte não sente transtornos
Morte no trânsito cai 57% em dia de blitz após lei seca
Preço do diesel tem redução, mas não afeta valor do frete

O presidente da Ferroeste, Samuel Gomes, apresentou o projeto da Ferrosul nesta semana durante a segunda audiência pública para discutir o edital do Trem de Alta Velocidade (TAV), realizado na Bovespa, em São Paulo. Gomes informou aos participantes que o trem-bala vem sendo motivo de estudos por parte dos engenheiros do Banco de Idéias do Instituto de Engenharia do Paraná (IEP) há bastante tempo.

Ele lembrou que esteve com o professor do Banco de Idéias Jurimar Cavichiolo, especialista no assunto, em Amsterdam, para participar do 6o Congresso Mundial de Trem de Alta Velocidade, em 2008, devido ao interesse do instituto no projeto. “A Ferroeste e IEP acompanham com atenção o desenrolar do projeto do trem-bala”, disse.

De acordo com o projeto apresentado pela Valec, a próxima etapa do trem-bala deve contemplar o trecho Curitiba-Campinas-Belo Horizonte. A Ferroeste foi a única representante paranaense na audiência pública realizada em São Paulo. O encontro reuniu empresas, lideranças políticas, autoridades ferroviárias e representantes de países como China, Alemanha e França.

“O Paraná e, principalmente, Curitiba e região metropolitana, tem um débito de gratidão com os engenheiros do Instituto de Engenharia do Paraná, que, liderados pelo professor Jurimar Cavichiolo, estudam há anos com dedicação e excelência o projeto do trem de alta velocidade ligando São Paulo e Curitiba”, afirmou Samuel Gomes. “Este reconhecimento foi obtido hoje na audiência sobre o TAV Rio-São Paulo, realizado na Bovespa, e já havia sido prestado pela comunidade mundial de alta velocidade no Congresso Mundial de Alta Velocidade Ferroviária, em Amsterdam, em 2008, do qual tivemos a honra de participar com o professor Cavichiolo. Eu não tenho dúvida de que o TAV São Paulo-Curitiba será uma realidade em alguns anos”, destacou.

COMMENTS