Motos poderão ser isentas de pedágio em rodovias

O deputado Marcelo Itagiba argumenta que as motos não acarretam custo à concessionária que o explora o trecho rodoviário

Dnit cobra rapidez para licenciamento ambiental em áreas próximas a estradas
RTE Rodonaves já reajustou frete em 4% com restrição
Recuperação de rodovia na região de Guarapuava começa nos próximos dias

A Câmara analisa o Projeto de Lei 6027/09, do deputado Marcelo Itagiba (PSDB-RJ), que isenta as motos do pagamento de pedágio nas rodovias brasileiras. A proposta também proíbe o repasse de custos decorrentes dessa isenção ao preço do pedágio.

Marcelo Itagiba argumenta que as motos não acarretam custo à concessionária que explora o trecho rodoviário, pois o peso desses veículos não prejudica o asfalto destinado ao tráfego de caminhões de carga.

O projeto altera a Lei de Reestruturação dos Transportes Aquaviário e Terrestre (10.233/01).

Tramitação

A proposta tramita em caráter conclusivo e será analisada pelas comissões de Trabalho, de Administração e Serviço Público; de Viação e Transportes; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Íntegra da proposta:
* PL-6027/2009

Link para a matéria original

COMMENTS