KLM testa bioquerosene sustentável

Companhia aérea holandesa realizou primeiro voo de demonstração com o biocombustível em um Boeing 747

Panalpina faz seu primeiro voo com Boeing 747-8F
DHL Express renova frota com cinco novos Boeing 737-400s
Aeromexico inicia voos com biocombustível a partir da Cidade do México

A KLM Royal Dutch Airlines realizou o primeiro voo de demonstração no mundo com passageiros em uma aeronave abastecida com bioquerosene sustentável. O aparelho, um Boeing 747, teve um de seus motores abastecido com uma mistura de 50% de biocombustível sustentável e 50% de querosene tradicional e operou um voo de uma hora de duração sobre os arredores do Aeroporto de Amsterdã – Schiphol, com 40 passageiros.

Para dar novo impulso ao transporte aéreo sustentável, a KLM também uniu-se às empresas North Sea Petroleum e Spring Associates para criar a SkyEnergy, que será composta por um conselho pro sustentabilidade liderado pela WWF (World Wildlife Fund for Nature). “A KLM está envolvida em pesquisas com bioquerosene desde 2007. Com a SkyEnergy, nós estamos acelerando o seu desenvolvimento e esperamos surpreender o mercado em breve. Nela, unimos expertise em legislação, ecologia e tecnologia, além da habilidade de desenvolver bioquerosene de forma economicamente viável. Estamos avançando com forte resolução, mas não podemos fazer isso sozinhos – precisamos do apoio dos governos, da indústria e da sociedade”, declarou Peter Hartman, presidente e CEO da KLM.

A KLM se coloca na liderança do movimento sustentável na aviação global e pretende com isso assegurar transporte aéreo limpo, silencioso e sustentável. A KLM e a Air France estão juntas na realização de um ambicioso Plano de Ação Climático. Fruto disso é o fato de ambas as companhias manterem a liderança, dentro da indústria da aviação, no Índice de Sustentabilidade do Dow Jones nos últimos cinco anos.

A KLM Royal Dutch Airlines, companhia aérea de bandeira holandesa, celebrou 90 anos de fundação em outubro e é a aerolínea há mais tempo operando no mundo com o mesmo nome. Ela oferece voos há 62 anos para o Brasil, ininterruptamente. Atualmente, tem seis voos diretos por semana entre São Paulo e o Aeroporto de Amsterdã – Schiphol, considerado um dos melhores da Europa. A partir de Amsterdã, a KLM atende 258 destinos em 110 países, com 214 aeronaves. A KLM transporta mais de 23 milhões de passageiros/ano.

COMMENTS