PAC completa três anos em janeiro com apenas 9,8% das obras concluídas

Levantamento da ONG Contas Abertas aponta que 62% dos projetos ainda não saíram do papel

Uma política para tornar o transporte mais seguro
Obras atrasadas na capital paulista
Codefat pode aprovar crédito para motofretistas

O Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) completará três anos em janeiro com apenas 1.229 projetos concluídos, incluindo os três eixos: infraestruturas logística, energética e social-urbana. É o que aponta levantamento divulgado pela ONG Contas Abertas. O número representa 9,8% de um total de 12.520 empreendimentos previstos nas 27 unidades da federação para o período 2007-2010 e pós 2010.

Ainda de acordo com a Contas Abertas, cerca de 62%, cifra que equivale a 7.715 projetos, ainda não saíram do papel, ou seja, estão em fase de “contratação”, “ação preparatória” (estudo e licenciamento) ou “licitação” (desde o edital até o início do projeto). Outras 3.576 ações (29%) estão em execução ou em obra.

Segundo levantamento da mesma ONG, até dezembro do ano passado, 319 projetos haviam sido concluídos, o que representava, à época, 3% do total de empreendimentos previstos em todo o país nos três eixos do programa.

De acordo com a assessoria de imprensa da Casa Civil, o andamento do PAC nesses três anos demonstra uma evolução. Para a Casa Civil, 32,9% das ações do PAC estão concluídas, considerando o montante de recursos e não a quantidade de ações.

Link para a matéria original

COMMENTS