Carteira de motorista vai ficar mais cara em 2010

A partir de 1º de janeiro de 2010, todas as taxas públicas do Estado do Espírito Santo ficarão mais caras por conta do reajuste do Valor de Referência do Tesouro Estadual (VRTE)

Motorola traz linhas de scanners e coletores para fábrica paulista
Odebrecht leva contrato para construir “Linha Laranja” em Miami
Governador do Amazonas diz que discussão sobre BR-319 é esquizofrênica

A partir de 1º de janeiro de 2010, todas as taxas públicas do Estado do Espírito Santo ficarão mais caras por conta do reajuste do Valor de Referência do Tesouro Estadual (VRTE) – índice responsável por calcular alguns serviços públicos desde 2001, e que sofre reajuste anual. Tirar carteira de motorista, por exemplo, vai custar 4,17% a mais. Em nota oficial, o órgão de trânsito informou que os reajustes são definidos de acordo com a Lei Estadual 7.001, de 2001, que altera o valor do VRTE.

Os custos – 1ª Habilitação para guiar moto e carro

Como é: As taxas de serviço do Detran custam R$ 289,06, mais R$ 50,10 de exame médico, R$ 59,74 de exame psicológico e R$ 67,45 de novo exame (caso precise)

Como fica: As taxas sobem para R$ 301,11, e exame médico para R$ 52,19, psicológico para R$ 62,23 e novo exame (se precisar) para R$ 70,25

1ª Habilitação para guiar moto ou carro

Como é: Serviços, hoje, por R$ 231,25; mais R$ 50,10 de exame médico, R$ 59,74 de exame psicológico e R$ 67,45 de novo exame (caso precise)

Como fica: Taxa de serviços passa para R$ 240,89; exame médico, R$ 52,19; psicológico, R$ 62,23; e novo exame, R$ 70,25

2ª via de carteira nacional de habilitação (CNH) ou permissão para dirigir

Como é: Custa R$ 134,90

Como fica: A partir de 1º de janeiro de 2010 por R$ 140,52

Renovação da CNH

Como é: R$ 144,53 de serviços do Detran, mais exame médico por R$ 50,10, e psicológico por R$ 59,74

Como fica: Serviços por R$ 150,56, e exames médico e psicológico, respectivamente, por R$ 52,19 e R$ 62,23

COMMENTS