Novo atracadouro para a travessia Santos-Guarujá (SP) deverá estar concluído hoje

Obra consumirá R$ 30 milhões e irá reduzir o tempo de espera das balsas, ampliando a fluidez da operação. Todo projeto da travessia Santos-Guarujá será entregue em janeiro, segundo a Dersa

Obras do Rodoanel Norte em SP vão atrasar pelo menos 2 anos
DERSA e Corpo de Bombeiros de SP firmam acordo visando segurança de túneis rodoviários
Dersa iniciará em março segunda fase das obras do Complexo Jacu-Pêssego, em SP

Um novo atracadouro da travessia Santos-Guarujá, administrado pela Dersa, deverá estar concluído hoje. A nova gaveta começou a ser construída após o acidente ocorrido no final de julho, quando um navio de bandeira chinesa colidiu com o atracadouro no Guarujá. Com o acidente, a empresa reduziu sua capacidade de embarque e desembarque. A Dersa prometeu que a capacidade de operação volta a melhorar a partir de hoje, depois de um investimento de R$ 30 milhões para realizar a obra.

Desde julho, a Dersa vinha trabalhando com um único atracadouro no lado do Guarujá. A balsa atingida pelo navio ainda está em reparos e deve ficar pronta para uso no mês de dezembro. Construído em aço e concreto, com 40 m de comprimento e 15 m de largura, o novo atracadouro custou cerca de R$ 8 milhões.

As duas gavetas do atracadouro avariadas pela colisão estão sendo reconstruídas por 80 funcionários, que se revezam dia e noite para entregar toda obra até janeiro de 2010.

COMMENTS