Governador autoriza recuperação da rodovia entre Atalaia e BR-376 (PR)

A licitação para a realização das obras nos 15,7 quilômetros entre o município de Atalaia e a BR-376 (PR-218) foi homologada pelo governador Roberto Requião, que autorizou investimentos de R$ 1,8 milhão

Certificação operacional atesta qualidade de sete aeroportos da Infraero
Logística de carga pesada vai crescer até 40%
Petrobras Biocombustível assina contratos que beneficiarão 31 mil agricultores familiares do Ceará e do Piauí

O governo do Paraná vai recuperar mais uma rodovia na região Noroeste do Estado. A licitação para a realização das obras nos 15,7 quilômetros entre o município de Atalaia e a BR-376 (PR-218) foi homologada pelo governador Roberto Requião, que autorizou investimentos de R$ 1,8 milhão.

Segundo o secretário dos Transportes, Rogério W. Tizzot, a via é fundamental para o desenvolvimento dos municípios da região, além de ser o principal acesso ao município de Atalaia e servir de ligação para as cargas vindas do Sul de São Paulo.

“Estando em boas condições para receber o tráfego de veículos, essa rodovia vai facilitar e tornar mais eficiente o transporte da produção de Atalaia, Ângulo, Lobato, Flórida, de outros produtores próximos e favorecer ainda o escoamento da produção do Estado vizinho com direção a mercados consumidores em Maringá e região e ao Porto de Paranaguá”.

O início dos trabalhos de recuperação aguarda a assinatura da ordem de serviço, o que deve acontecer dentro das próximas semanas.

OUTRAS OBRAS – O Departamento de Estradas de Rodagem (DER) trabalha na melhoria do pavimento em mais rodovias da região. Estão em andamento os serviços na PR-323 nos trechos entre Maringá e Paiçandu, com pouco mais de 3 quilômetros; de Paiçandu a Água Boa, com cerca de 11 quilômetros; de Doutor Camargo até o rio Ivaí, com 7,5 quilômetros; e entre os municípios de Cruzeiro do Oeste e Umuarama, com aproximadamente 30 quilômetros.

Os trabalhos fazem parte do programa Conservação Total, responsável por obras em 9,5 mil quilômetros de vias em todo o Paraná até o final de 2010 com investimento de R$ 390 milhões.

Veja matéria original

COMMENTS