Ferrovia fecha contrato de transporte 1,8 mi de toneladas

A companhia ferroviária vai atender a ED&F Man, que atua no comércio internacional de commodities

Trabalhadores da Mercedes-Benz entram em férias coletivas no dia 23
Azul recorre à Justiça para poder operar no Aeroporto Santos Dumont
Avião da azul

A Ferrovia Centro-Atlântica (FCA), controlada pela Vale, fechou mais um contrato para o transporte de açúcar. Desta vez, a companhia ferroviária vai atender a ED&F Man, que atua no comércio internacional de commodities.

Para implantar a operação, foram investidos R$ 6 milhões na reforma de 150 vagões e na adaptação de um terminal em Aguaí, interior de São Paulo. A estimativa é de que seja movimentado 1,8 milhão de toneladas de Aguaí ao Porto de Santos, em cinco anos.

De acordo com Fabiano Lorenzi, diretor comercial da FCA, a logística voltada ao segmento de açúcar é hoje uma das operações que mais crescem dentro da empresa. “Houve um aumento de 89% no volume transportado, se comparado o 1º semestre de 2009 com o de 2008: foram 645 mil toneladas do produto nos primeiros seis meses do ano”, comentou ele, com o DCI.

O executivo explicou que no corredor que vai da região Centro-oeste, passando pelo triângulo mineiro e o interior paulista com destino ao porto, a movimentação de açúcar representa 15% dos negócios. “A estimativa é de que até final do ano a participação salte para até 25%”, projetou o diretor.

A FCA mantém em seu portfólio outros clientes do setor, como Copersucar, Cristalsev e Grupo Carlos Lyra, além de algumas usinas. Em 2008, a ferrovia transportou ao todo 904 mil toneladas de açúcar.

A Ferrovia Centro-Atlântica tem 8 mil quilômetros de trilhos distribuídos por sete estados, além de uma frota de 500 locomotivas e 12 mil vagões. (Fabíola Binas-DCI)

Veja matéria original

COMMENTS