Ferrovia fecha contrato de transporte 1,8 mi de toneladas

A companhia ferroviária vai atender a ED&F Man, que atua no comércio internacional de commodities

CET fiscaliza rodízio de caminhões em 45 pontos fixos
Audiência ressalta polêmica sobre contratação de motoristas de cargas
ANP procura petróleo na Bacia do Paraná

A Ferrovia Centro-Atlântica (FCA), controlada pela Vale, fechou mais um contrato para o transporte de açúcar. Desta vez, a companhia ferroviária vai atender a ED&F Man, que atua no comércio internacional de commodities.

Para implantar a operação, foram investidos R$ 6 milhões na reforma de 150 vagões e na adaptação de um terminal em Aguaí, interior de São Paulo. A estimativa é de que seja movimentado 1,8 milhão de toneladas de Aguaí ao Porto de Santos, em cinco anos.

De acordo com Fabiano Lorenzi, diretor comercial da FCA, a logística voltada ao segmento de açúcar é hoje uma das operações que mais crescem dentro da empresa. “Houve um aumento de 89% no volume transportado, se comparado o 1º semestre de 2009 com o de 2008: foram 645 mil toneladas do produto nos primeiros seis meses do ano”, comentou ele, com o DCI.

O executivo explicou que no corredor que vai da região Centro-oeste, passando pelo triângulo mineiro e o interior paulista com destino ao porto, a movimentação de açúcar representa 15% dos negócios. “A estimativa é de que até final do ano a participação salte para até 25%”, projetou o diretor.

A FCA mantém em seu portfólio outros clientes do setor, como Copersucar, Cristalsev e Grupo Carlos Lyra, além de algumas usinas. Em 2008, a ferrovia transportou ao todo 904 mil toneladas de açúcar.

A Ferrovia Centro-Atlântica tem 8 mil quilômetros de trilhos distribuídos por sete estados, além de uma frota de 500 locomotivas e 12 mil vagões. (Fabíola Binas-DCI)

Veja matéria original

COMMENTS