Conab inicia cadastramento de armazéns em Mato Grosso

O levantamento será realizado em duas etapas, sendo que a segunda fase começará no dia 26 deste mês

Ipem certifica sistema de armazenagem de grãos da Ceagesp na cidade de São Paulo
Santos Brasil tem nova estrutura logística em São Bernardo do Campo (SP)
Ceagesp movimentou R$ 4,57 bilhões em 2010

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) conclui hoje, em Mato Grosso, a primeira etapa do processo de cadastramento e recadastramento de armazéns, com o objetivo de atualizar os números do Cadastro Nacional de Unidades Armazenadoras de todo o país. O levantamento será realizado em duas etapas, sendo que a segunda fase começará no dia 26 deste mês. A conclusão está prevista para 27 de novembro.

Os técnicos da estatal estão visitando unidades de todas as regiões produtoras do Estado. Eles avaliam quesitos como localização, características técnico-operacionais, capacidade e importância das unidades para o desenvolvimento da produção agrícola. “Essas informações são usadas para subsidiar o governo federal na gestão da política agrícola”, diz o diretor de Gestão de Estoques, Rogério Colombini.

No último trabalho, em 2007, o Mato Grosso contava com 2.053 armazéns, com capacidade estática para quase 24 milhões de toneladas, representando aproximadamente 19% da capacidade total do país. A previsão do cadastramento é de aumento dessa quantidade no Estado. Hoje, o Brasil tem estrutura para estocar até 130,8 milhões de toneladas de produtos, sendo 79,5% a granel e 20,5% para armazenagem convencional.

Veja matéria original

COMMENTS