Polícia busca quadrilha envolvida em roubos em Santa Catarina

Grupo teria ligação com assaltos a fazendas e a caminhoneiros

Decisão inédita isenta empresas de pagar o ISS
Anac decidirá destino do aeroporto de Rio Branco
Seminário em Brasília marca Dia Mundial sem Carro

Policiais civis cumprem, desde o início da manhã desta segunda-feira, mandados de prisão contra suspeitos de integrarem uma quadrilha envolvida com o roubo de cargas e assaltos a fazendas e residências em Santa Catarina.

A operação, denominada Tijucas, pretende cumprir 33 mandados de prisão temporária e preventiva em municípios do Litoral Norte e Vale do Itajaí, além de Lages, segundo o delegado Renato Hendges, da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (Deic).

Policiais de estados vizinhos também tentam deter suspeitos em Clevelândia (PR) e Iraí (RS). Os presos estão sendo levados para a Central de Polícia de Balneário Camboriú, no Litoral Norte de Santa Catarina.

Segundo Hendges, o grupo agia há pelo menos um ano no roubo de cargas nas rodovias no Estado, além de ter envolvimento em assaltos a fazendas, casas e apartamentos.

A investigação que permitiu identificar os envolvidos teve início depois de roubos registrados em fazendas em Tijucas, na Grande Florianópolis.

Até as 9h, conforme Hendges, pelo menos 10 pessoas tinham sido detidas. Ainda não foram divulgadas mais informações.

Veja matéria original

COMMENTS