Governador Requião anuncia projeto de duplicação da Rodovia dos Minérios

O trecho a ser duplicado, de 20 quilômetros de extensão, começa em Curitiba, passa por Almirante Tamandaré e pelo acesso a Itaperuçu

Kepler Weber, ainda longe do efeito da crise
FCA e Louis Dreyfus fecham contrato de 3 anos para transporte de grãos
Mitsubishi vai montar mais 3 carros no Brasil

O governador Roberto Requião anunciou nesta terça-feira (15), na Escola de Governo, que determinou à Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba (Comec), órgão vinculado à Secretaria do Desenvolvimento Urbano, a realização do projeto de duplicação da Rodovia dos Minérios (PR-092), de Curitiba até Rio Branco do Sul. O trecho a ser duplicado, de 20 quilômetros de extensão, começa em Curitiba, passa por Almirante Tamandaré e pelo acesso a Itaperuçu.

“Nós vamos fazer o projeto. Estamos tendo dificuldade de investimentos em rodovias – a famosa Cide caiu 45%, faltam recursos –, mas o primeiro passo é a realização do projeto físico da duplicação da rodovia”, disse o governador. “A Comec está autorizada a contratar o projeto físico da duplicação da Rodovia dos Minérios. Toda a grande marcha começa com o primeiro passo. E o primeiro passo da duplicação é o que nós tomamos hoje”, completou.

O secretário do Desenvolvimento Urbano, Forte Netto, comentou que o projeto de duplicação da Rodovia dos Minérios “deverá seguir o modelo implantado pelo Governo do Estado na duplicação e na revitalização da Estrada da Ribeira, uma obra estratégica que o governador Roberto Requião vai inaugurar na próxima quinta-feira, dia 24, em Colombo”. Segundo Forte Netto, o trecho duplicado da Estrada da Ribeira é hoje o mais moderno do Paraná.

A PR-092 é uma rodovia tronco que liga a Região Metropolitana de Curitiba à divisa com o Estado de São Paulo. No trecho a ser duplicado o volume diário de tráfego é de cerca de 18 mil veículos (3 mil caminhões). O Governo do Paraná já investiu R$ 30 milhões nas obras de pavimentação da rodovia de Rio Branco do Sul e até Cerro Azul, numa extensão de 53,6 quilômetros.

O deputado estadual Kielse Crisóstomo, que estava ao lado do governador no momento do anúncio, disse que a duplicação da Rodovia dos Minérios “é um sonho no Vale do Ribeira”. Ele lembrou que a região, esquecida em outros governos, já foi contemplada com a pavimentação até Cerro Azul, cidade que hoje é a segunda em crescimento no Estado. “Hoje nós temos 18 mil veículos por dia transitando dentro de Curitiba até Rio Branco do Sul, e mais de 3 mil caminhões”, afirmou.

Veja matéria original

COMMENTS