DHL Express registra aumento de 35% no volume de encomendas devido à greve dos Correios

Número é de 16 de setembro e reflete aumento na demanda devido à paralisação de serviços dos Correios como o Sedex e o Sedex 10

DHL lança serviço de entregas urgentíssimas no Brasil
Jamef testa VUC movido a gás natural em SP
Jamef inicia testes com caminhão elétrico da JAC Motors em São Paulo

A DHL Express anunciou que, em 16 de setembro, registrou um aumento de 35% na demanda por seus serviços de encomendas expressas devido à greve dos Correios, que paralisou operações do Sedex e Sedex 10.

Segundo a empresa, houve também um aumento na quantidade de ligações para a Central de Atendimento ao Cliente, de 80%, e nas solicitações de coletas via atendimento ao cliente, de 50%.A DHL Express trabalha com modelos de contingência que permitem a escalação de operações adicionais para atender demandas excedentes geradas pelo cenário atual, com soluções customizadas de entregas porta a porta.

Por: Leonardo Helou Doca de Andrade – Redação Portal Transporta Brasil

Leia mais notícias sobre a DHL:

Com prêmio de Excelência em Transporte da DHL, Mira entra no ranking das melhores do mundo

DHL Express lança novos serviços com hora marcada para a Europa

DHL abre novo hub de transporte doméstico na China

DHL Express lança serviço aduaneiro porta a porta

DHL Supply Chain conquista primeiro lugar no Prêmio Ilos

COMMENTS