Começam as obras de recuperação da rodovia entre Araucária e Campo Largo

Trata-se da primeira etapa de melhoria do trecho de 28 quilômetros, onde serão investidos cerca de R$ 7,6 milhões na intervenção de 15,4 quilômetros, entre Araucária e o acesso à Colônia Ipiranga

Infraero adquire 121 ônibus para equipar rede
Volkswagen Caminhões é vendida por US$ 1,6 bi à MAN
Governo investe R$ 55 milhões em rodovias do Norte do Paraná

As obras de restauração da rodovia (PR-423), que liga Araucária a Campo Largo, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC), já começaram. O lançamento dos trabalhos foi feito nesta quarta-feira (16), na presença do secretário dos Transportes, Rogério W. Tizzot, do secretário-chefe de gabinete do governador Roberto Requião, Carlos Augusto Moreira Júnior, e dos prefeitos de Araucária, Albanor José Ferreira Gomes, e de Campo Largo, Edson Basso.

Trata-se da primeira etapa de melhoria do trecho de 28 quilômetros, onde serão investidos cerca de R$ 7,6 milhões na intervenção de 15,4 quilômetros, entre Araucária e o acesso à Colônia Ipiranga. A recuperação dos outros 13,4 quilômetros, que continuam até Campo Largo, está em fase de projeto pelos técnicos do Departamento de Estradas de Rodagem (DER).

De acordo com o secretário Tizzot, os serviços iniciados agora são parte do programa Conservação Total que está em andamento com vários tipos de obras em todo o Estado, desde o fim do ano passado. A conclusão da recuperação da PR-423 pode acontecer em um ano. “O contrato estabelece mais tempo para a conclusão da recuperação, mas já estamos em contato com a empresa para reduzir para um ano, pela importância da via”, disse.

TRÁFEGO – A PR-423 possui tráfego intenso de caminhões e carretas. “São cerca de 6,2 mil veículos entre caminhões e carros de passeio passando diariamente pela estrada. As obras de recuperação vão garantir a segurança desses motoristas e a agilidade e economia no transporte de cargas na região”, completou.

Moreira, que representava o governador, ressaltou que são duas cidades industriais ligadas pela estrada. O prefeito Albanor José Ferreira Gomes, de Araucária, ressaltou a segurança que virá com as obras. “As chuvas e os caminhões que passam diariamente em direção às refinarias e distribuidoras de combustível tornam bastante necessária a restauração da rodovia”.

Edson Basso, prefeito de Campo Largo, destacou que esse investimento é um dos muitos que o governo do Paraná tem feito nas rodovias da Região Metropolitana de Curitiba. “A recuperação da PR-423 é uma importante decisão, a exemplo do que tem acontecido em várias vias, como a pavimentação da Estrada do Cerne. Isso representa tranquilidade para os agricultores e moradores das cidades próximas e também dos transportadores paranaenses”.

A deputada Rosane Ferreira lembrou, junto aos prefeitos dos municípios beneficiados, que a intervenção não é importante apenas para a região, mas para todo o Paraná. “A PR-423 faz ligação com todo o Norte do Paraná e, por ela, nós escoamos a produção de gás, petróleo e gasolina. É uma verdadeira conquista.”

Estiveram presentes ainda o diretor-técnico do DER, Amauri Medeiros Cavalcanti, o superintendente regional Leste do DER, Ricardo Martins de Barros, e representantes da empresa responsável pelos trabalhos.

Veja matéria original

COMMENTS