Recife perde voo da Delta para EUA

A norte-americana Delta Airlines confirmou o cancelamento de sua rota entre o Recife e Atlanta (EUA), depois de ter anunciado, há pouco mais de um mês, que o voo seria suspenso apenas temporariamente

Comissão aprova desoneração de biodiesel para consumo próprio
Com o tempo o mundo vai “se curvar” aos biocombustíveis, afirma Lula
Fluxo de passageiros cresce 16,4% no Aeroporto de Guarulhos

A crise financeira parece estar superada, no Brasil. Mas, por ser global, continua produzindo seus efeitos por aqui, especialmente no setor aéreo, prejudicado pela Gripe A (H1N1). A norte-americana Delta Airlines confirmou o cancelamento de sua rota entre o Recife e Atlanta (EUA), depois de ter anunciado, há pouco mais de um mês, que o voo seria suspenso apenas temporariamente. Durante o ano, a crise já havia obrigado TAP, American Airlines e TAM a modificar suas rotas de Pernambuco para o exterior, seja por curto período de tempo ou em definitivo.

No dia 21 de julho, a Delta informava que suspenderia a rota Recife-Atlanta no dia 2 de setembro, com retomada de 6 a 19 de outubro e, após nova parada, reinício “definitivo” a partir de 15 de novembro. Mas uma mudança de planos da aérea surpreendeu o administrador João Paulo Leitão, 33 anos, que vive no Canadá. Ele comprou passagens para fazer uma conexão nos Estados Unidos e vir ao Recife no final do ano, dia 10 de dezembro, com retorno para Montreal dia 26 de dezembro. A esposa dele voltaria ao Canadá em 2 de janeiro. Segundo o anúncio original, de um mês atrás, o voo Recife-Atlanta já estaria novamente disponível.

“Fiquei despreocupado quando vi que era algo temporário. Para minha surpresa, não é mais. Ontem (no último domingo), eu e minha esposa fomos notificados do cancelamento. Ou, como nos disseram, ‘this route will be discontinued’ (esta rota será descontinuada)”, comenta João Paulo.

A reportagem do JC procurou a companhia, que se manifestou através de comunicado. “A Delta Air Lines informa que a rota Recife-Atlanta será cancelada por tempo indeterminado. O motivo para o cancelamento é a necessidade da companhia de se ajustar à capacidade de acordo com a demanda no contexto econômico atual”, diz o texto da aérea.

Para João Paulo e a esposa, a alternativa para a viagem foi uma rota Montreal-Atlanta e, de lá, um voo para Guarulhos, com nova conexão para o Recife.

SEM PARIS

Em outro cancelamento, a TAM deixou de voar entre o Recife e Paris no último dia 13, sem data para retomar a operação, embora classifique a parada de “temporária”.

Este ano, duas outras empresas chegaram a reduzir por pouco tempo seus voos internacionais do Recife: a TAP, para Lisboa, e a American Airlines, para Miami. De acordo com a Delta, seus voos para São Paulo, Rio de Janeiro, Manaus e Fortaleza não serão afetados pela suspensão, assim como a nova rota Brasília-Atlanta, partir de 19 de dezembro.

COMMENTS