Obras vão receber R$ 135 milhões

Pernambuco entrará com R$ 40 milhões como contrapartida nos empreendimentos

Audiência ressalta polêmica sobre contratação de motoristas de cargas
Golden share da Embraer não impede demissões
Comissão aprova seguro de vida obrigatório para motoboys

As obras de construção do acesso rodoferroviário à Ilha de Tatuoca e de dragagem do dique interno e dos canais de navegação do Porto de Suape, orçadas em R$ 175 milhões, vão receber R$ 135 milhões em recursos do PAC. A confirmação do investimento veio ontem, em Brasília, após audiência do governador Eduardo Campos com o ministro da Secretaria Especial dos Portos, Pedro Brito. Pernambuco entrará com R$ 40 milhões como contrapartida nos empreendimentos.

Os convênios de liberação dos valores devem ser assinados até o final deste mês e as obras iniciadas em outubro. Os R$ 135 milhões estavam separados para as obras de reforço dos cabeços de Suape. “As obras dos cabeços podem aguardar até o ano que vem. A rodoferrovia e a dragagem dos canais internos e do dique seco são fundamentais para que o Estaleiro Atlântico Sul coloque no mar o seu primeiro navio”, afirmou Campos.

O acesso rodoferroviário tem 12,97 km de extensão e um orçamento de R$ 89,12 milhões, dos quais R$ 19 milhões já estão garantidos, sendo necessários outros R$ 70 milhões. Os trabalhos devem ser finalizados em junho de 2010. Já as obras de dragagem estão orçadas em pouco mais de R$ 104 milhões.

Dentre outras reuniões, o governador esteve com o ministro da Saúde, José Gomes Temporão, para pedir R$ 19 milhões para a compra de equipamentos para o Hospital Metropolitano Sul, Dom Hélder Câmara. Na próxima sexta, serão acertados os últimos detalhes.

COMMENTS