Semestre fecha com queda de 24% nas exportações paranaenses

As importações também apresentaram queda no semestre, registrando baixa de 41,82% nos seis primeiros meses de 2009 em relação ao mesmo período do ano anterior

Comitê ignora pressões e mantém taxa Selic em 13,75%
Governo estuda concessão dos serviços dos aeroportos de Viracopos e do Galeão
Confenar e Mercedes Benz fecham parceria

As exportações da indústria paranaense caíram 24,6% no primeiro semestre do ano em relação ao mesmo período de 2008, informou o Departamento Econômico da Federação das Indústrias do Estado do Paraná (FIEP) em seu relatório mensal sobre o desempenho do comércio exterior do estado. Segundo o estudo, as vendas para o exterior em junho tiveram um desempenho positivo na comparação com maio, registrando um aumento de 19,08% e atingindo o valor de US$ 1,328 bilhão, o segundo maior para um mês de junho em toda a série histórica pesquisada pela FIEP. A alta, no entanto, não é suficiente para superar os resultados do ano passado. Na comparação com junho de 2008, as exportações caíram 10,66%.

As importações também apresentaram queda no semestre, registrando baixa de 41,82% nos seis primeiros meses de 2009 em relação ao mesmo período do ano anterior. Na comparação entre junho deste ano com o mesmo mês do ano passado, a queda nas compras do exterior foi de 45,63%. Assim, em junho, o saldo líquido da balança foi superavitário em US$ 578 milhões, acumulando US$ 1,925 bilhões nos seis primeiros meses do ano.

A depreciação do real frente ao dólar minimizou as perdas em real para os exportadores paranaenses. Considerando o câmbio médio mensal divulgado pelo Banco Central (R$ 2,192), a redução das exportações no primeiro semestre de 2009 foi de 3,6% em moeda nacional. Em euro, a redução foi de 8,41%.

O Complexo Soja permanece como o grupo de produtos mais exportado pela indústria do Paraná, com 37,85% de participação, seguido de Carnes (13,34%) e Material de Transportes (11,54%). Dentro dos 15 grupos de produtos avaliados na pesquisa, somente um apresentou aumento em relação ao primeiro semestre de 2008: Açúcares e Produtos de Confeitaria, que aumentou suas vendas para o exterior em 34,15%, passando a ocupar o quarto lugar na pauta de exportações paranaenses, com 5,13% de participação.

A China recuperou em junho o posto de principal parceiro comercial do Paraná, somando US$ 1,366 bilhão em fluxo de comércio (exportações mais importações) com o Estado no primeiro semestre do ano. Em segundo lugar aparece a Argentina (US$ 887 milhões), e, na terceira colocação, a Alemanha (US$ 753 milhões).

COMMENTS