Prefeitura de São Paulo cogita proibir caminhões na Avenida dos Bandeirantes e da Marginal Pinheiros

Restrições seriam realizadas somente após o término das obras do Trecho Sul do Rodoanel e se estendem também para a Marginal do Tietê, aumentando as proibições aos veículos de cargas na cidade

Golden Cargo investe na capacitação de seus motoristas
Mercedes-Benz lança livro em homenagem aos caminhoneiros
Iveco vende 27 Hi-Way para o Paraná

A prefeitura de São Paulo, por meio do secretário de Transportes, Alexandre Moraes, anunciou ontem que tem a intenção de aumentar as restrições aos veículos de cargas nas principais vias da cidade, ampliando as proibições que já existem no Centro Expandido e em algumas vias expressas.

A idéia, segundo Moraes, é restringir a circulação de caminhões na Avenida dos Bandeirantes, importante via que liga a Marginal Pinheiros à rodovia dos Imigrantes, e a própria Marginal Pinheiros. As proibições, de acordo com o secretário, seriam impostas somente após a inauguração do Trecho Sul do Rodoanel, prevista para novembro deste ano.

Moraes declarou à imprensa que vai ampliar a restrição e que está analisando a proibição aos caminhões em determinados horários nas Marginais Tietê e Pinheiros. Ele afirma que os caminhões podem deixar de circular em determinados horários nas vias expressas sem prejuízo às operações, em nome da melhora no trânsito e da diminuição dos congestionamentos.

Restrição pesada

O secretário afirmou que a proibição aos caminhões na Avenida dos Bandeirantes será pesada e disse que na via “Não vão mais passar caminhões”. Ele alega que não haverá mais necessidade de circulação dos veículos de carga na avenida da Zona Sul com o Rodoanel em operação.

Próxima publicação

COMMENTS