Governo investe mais R$ 5,9 milhões na rodovia de Guarapuava a Pitanga

Serão aplicados mais R$ 5,9 milhões na restauração dos 32,7 quilômetros de estrada entre o Rio Bonito e Pitanga, na região Central do Paraná

Exportações cearenses despencam quase 30%
Sai licença ambiental das BRs 364/163
Lula inaugura no sul da Bahia primeira etapa da Ferrovia Oeste-Leste

Começa nos próximos dias a segunda etapa da recuperação dos 80 quilômetros que ligam os municípios de Guarapuava e Pitanga (PRC-466), na região Central do Paraná. Serão aplicados mais R$ 5,9 milhões na restauração dos 32,7 quilômetros de estrada entre o Rio Bonito e Pitanga.

As obras da primeira fase, que compreende os 48,8 quilômetros de Guarapuava ao Rio Bonito estão em fase final. Segundo informações dos técnicos do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), os trabalhos devem estar concluídos em dois meses.

“As obras na pista estão praticamente finalizados. As intervenções estão direcionadas para serviços de drenagem e melhorias nos acostamentos”, detalhou o secretário dos Transportes, Rogério W. Tizzot.

Ainda de acordo com Tizzot, em um prazo de aproximadamente um ano a rodovia deve estar inteiramente recuperada. “Investir na via representa um avanço na infraestrutura local. A PRC-466 faz a ligação entre as regiões Norte, do Vale do Ivaí, Centro e Sul do Estado com a BR-277. É um verdadeiro eixo para o transporte de mercadorias e da produção do Estado. A sua recuperação traz reflexos positivos diretos na economia paranaense”.

Justamente pela característica citada pelo secretário, a rodovia recebe tráfego intenso diariamente, principalmente de caminhões. “As melhorias na via vão ajudar a diminuir o tempo e os custos da viagem para os usuários. O percurso vai se tornar mais seguro para os motoristas, seja para quem a utiliza a trabalho ou a passeio.”

Link para a matéria

COMMENTS