Fiscalização de carga perigosa autua 31 caminhões na BR-386 em Montenegro

Os 26 notificados trafegavam em condições irregulares ou por apresentarem problemas com as notas fiscais das mercadorias

Polícia Rodoviária Federal autua 16 caminhões em blitz preventiva na Dutra (SP)
Expresso Mirassol tem nova Divisão de Cargas Especiais
Polícia autua 14 veículos em fiscalização de produtos perigosos na Via Dutra (SP)

Uma operação para prevenir acidentes de veículos com carga perigosa autuou 31 caminhões no posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF) da BR-386, em Montenegro, nesta quinta-feira. Destes, cinco ficaram retidos. Os 26 notificados trafegavam em condições irregulares ou por apresentarem problemas com as notas fiscais das mercadorias. Ao todo, 438 veículos com cargas comuns foram vistoriados entre 9h e 17h.

A Defesa Civil do Rio Grande do Sul também entregou aos motoristas material explicativo sobre a gripe A (H1N1).

Entre os itens revistados, estiveram os documentos dos veículos, a licença para o transporte de cargas perigosas, kits de emergência e os equipamentos de proteção individual. Também foi verificado se o motorista tinha habilitação e treinamento específicos para o tipo de transporte conduzido. Foi aplicada ainda uma pesquisa sobre o transporte rodoviário de produtos perigosos, para conhecimento dos hábitos dos motoristas e da quantidade de horas trabalhadas por dia. Os acidentes com cargas químicas podem trazer danos ao meio ambiente e à população.

Durante a fiscalização, técnicos da Secretaria da Fazenda e do Batalhão Fazendário da Brigada Militar vistoriaram mercadorias e as notas fiscais, para comprovar se estavam de acordo com a legislação. Nas abordagens aos veículos, agentes da Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam) inspecionaram as condições do transporte.

Na última operação, em junho, em Rio Grande, foram fiscalizados 277 veículos, entre normais e com cargas perigosas, e 13 foram autuados.

As informações são do site do governo.

COMMENTS