Começa rodízio de pistas em rodovia da Ilha (SC)

A Polícia Militar Rodoviária (PMRv) montou uma sinalização diferenciada para o trabalho das máquinas e uma das quatro pistas será fechada

Revendedoras de carros usados recebem R$ 400 milhões para financiamentos
Sindicatos firmam pacto para contratar pessoas com deficiência na aviação
Logística esbarra em gargalos

Os motoristas que trafegam pela SC-401, que leva às praias do Norte da Ilha, em Florianópolis, precisão ter paciência e cautela nos próximos meses. Iniciou ontem à tarde o rodízio de pistas para a construção do muro de contenção da barreira que deslizou na enchente do ano passado.

A Polícia Militar Rodoviária (PMRv) montou uma sinalização diferenciada para o trabalho das máquinas e uma das quatro pistas será fechada. De manhã, a partir das 7h, duas pistas serão liberadas no sentido Norte da Ilha/Centro e uma no sentido Centro/Norte da Ilha. À tarde, a partir das 16h, serão duas pistas liberadas no sentido Centro/Norte da Ilha e uma no sentido Norte da Ilha/Centro.

O capitão Fábio José Martins informou que poderão ocorrer mudanças de acordo com o fluxo de veículos.

A sinalização foi alterada e desde ontem a velocidade máxima permitida no trecho é de 60 Km/h. Policiais atuam com radar móvel para coibir excessos. Ainda não estão definidos os horários para o fechamento da rodovia nos dois sentidos durante as detonações de rochas que serão necessárias.

O presidente do Departamento Estadual de Infraestrutura (Deinfra), Romualdo França, disse que a construção do muro exigirá retirada de grande volume de terra e rochas, o que será feito em duas etapas. França estima em 120 dias a conclusão do muro e pediu compreensão dos motoristas nesse período, já que a obra é necessária para garantir a segurança no trecho.

Em novembro do ano passado, o desmoronamento matou o caminhoneiro gaúcho Ricardo Dias de Oliveira, 34 anos. O motorista transitava no sentido Norte da Ilha/Centro no momento do incidente e o corpo foi encontrado dois dias depois soterrado. A SC-401 é a rodovia estadual mais movimentada do Estado, com fluxo que chega a 55 mil veículos por dia na alta temporada.

COMMENTS