Álcool já é encontrado a menos de R$ 1

Em alguns postos do Grande ABC e da capital de São Paulo o combustível já é vendido por menos de R$ 1 o litro

Confenar e Mercedes Benz fecham parceria
Boeing lança nova divisão para clientes
Anac vai redistribuir horários de pouso e decolagens em Congonhas na segunda-feira

O preço do etanol caiu mais 3% em maio e fechou o mês com preço médio de R$ 1,28. Em alguns postos do Grande ABC e da capital de São Paulo o combustível já é vendido por menos de R$ 1 o litro, segundo pesquisa da Ticket em 10 mil estabelecimentos credenciados.

De acordo com levantamento realizado pela ANP (Agência Nacional de Petróleo), entre alguns postos monitorados pelo órgão nas sete cidades da região, 13 vendem o álcool por menos de R$ 1 o litro.

No Auto Posto Micheli, localizado na Avenida dos Estados, próximo à divisa com São Caetano, o valor do álcool é de R$ 0,969, um dos mais baratos da região.

Segundo o gerente do estabelecimento, Wilson Paes, o movimento aumentou cerca de 20% por conta da redução no preço. “Vendemos mais desde que reduzimos o valor, há cerca de 15 dias”, comentou.

No Auto Posto Vila Luzita, na Avenida Dom Pedro I, em Santo André, o álcool é vendido por R$ 0,99 há cerca de dois meses. “Nosso movimento aumentou em torno de 15%”, explicou o caixa do estabelecimento, Bruno Aparecido Peixoto Marcondes.

O operador de dinamômetro, Ronaldo de Souza, 34 anos, morador de Santo André, foi abastecer seu carro pela primeira vez no local atraído pelo baixo preço do combustível. “Eu gostei, o valor me chamou a atenção”, comentou.

Segundo o estudo da Ticket, o local mais caro para se abastecer com gasolina, álcool, GNV (gás natural veicular) e diesel continua sendo o centro de São Paulo, onde o litro da gasolina atinge R$ 2,56. Já a Zona Norte tem os melhores preços, com o preço do álcool a R$ 1,21.

Pela segunda vez consecutiva, o etanol no País registrou queda de 1,5% e na média nacional foi para R$ 1,78. O GNV em maio teve redução de 3% e passou a custar, em média, R$ 1,78. Os demais combustíveis permaneceram com o preço estável.

REDUÇÃO DE PREÇOS – A Petrobras anunciou ontem à noite queda nos preços da gasolina e do diesel cobrados nas refinarias. O corte será de 4,5% no preço da gasolina e de 15% no diesel. Os preços começam a vigorar a partir de hoje.

De acordo com a estatal, “o reajuste foi definido pela companhia levando em consideração os preços dos derivados vigentes no mercado internacional em uma perspectiva de médio e longo prazo, e estão em linha com as premissas definidas no Plano Estratégico da Petrobras”. (Emerson Coelho – DGABC)

Link para a matéria

COMMENTS