Chinesa desembarca em Manaus

A nova companhia terá como CEO, Claudio Rosa Junior, e como presidente do conselho administrativo, Mr. Zou Zongshen

José Nery: Estabilidade do Brasil é de papel crepom
Correios batem recorde e faturam R$ 11 bilhões
DNIT prevê compra de oito balanças

A segunda visita oficial do Presidente da República, Luís Inácio Lula da Silva, em Pequim, na China, originará uma grande fabricante de motocicletas. Lula terá um momento reservado para assinatura de contratos. A brasileira CR Motors e a chinesa Zongshen Industrie Group vão assinar um acordo de investimentos, destinados ao Brasil, de US$ 80 milhões.

Com este recurso, a CR Zongshen do Brasil vai fabricar motocicletas, motores de popa e motores estacionários no Pólo Industrial de Manaus (AM). A unidade fabril ficará pronta em agosto. A capacidade instalada inicial será de 90 mil motocicletas por turno, em uma única linha de produção. A empresa prevê o início da fabricação e comercialização de sete novos modelos de motocicletas em outubro.

A nova companhia terá como CEO, Claudio Rosa Junior, e como presidente do conselho administrativo, Mr. Zou Zongshen. A companhia é composta por 50% de capital brasileiro e 50% de capital chinês. O Grupo Zongshen foi fundado em 1992 e é formado por cerca de 30 empresas e subsidiárias. Com cerca de 13 mil funcionários, o Grupo dispõe de recursos da ordem de US$ 600 milhões.

COMMENTS