ZPE de Imbituba será regulamentada

Na prática, todas essas áreas onde serão instaladas as indústrias passam a contar com um regimento de leis e normas como a relação com a Receita Federal e instituições bancárias

Autoridades se reúnem com presidente da ANTT
Gol faz promoção em rotas da Azul
Sindicatos paranaenses aprovam exigência de cadastro para motofretistas

O funcionamento da Zona de Processamento de Exportação (ZPE) em Imbituba, no Sul do Estado, começará a se tornar uma realidade a partir de segunda-feira, quando o presidente Lula assina a lei que regulamenta todas as atividades do conselho das ZPEs em todo o país. Além de Imbituba, existem outras 15 unidades localizadas nas regiões Norte e Nordeste que nunca entraram em operação por falta de uma legislação federal específica.

Na prática, todas essas áreas onde serão instaladas as indústrias passam a contar com um regimento de leis e normas como a relação com a Receita Federal e instituições bancárias. A ZPE em Imbituba, que há anos está com a infraestrutura pronta, pode ser uma das primeiras a entrar em operação.

De acordo com o presidente da unidade em Imbituba, Manoel Vitor Cavalcanti, como todo o complexo industrial já está preparado restaria apenas a implantação da base de operação da Receita Federal.

– É a última etapa antes da instalação das empresas. Não vou fixar um prazo para isso, pois tivemos muitos problemas até chegar onde chegamos, mas creio que até o final do ano a ZPE Imbituba estará em operação – destaca Cavalcanti.

A unidade conta com uma área de 200 hectares, dos quais 50 já cercados com possibilidade de ocupação já. Em um primeiro momento três indústrias, de detectores de metais, fábrica de calçados e móveis, vão se instalar no local.

COMMENTS