Petrobras encontra óleo em reserva da bacia de Campos

No início da noite de segunda-feira, a Petrobras também anunciou a comercialidade de um bloco da bacia de Santos (BM-S-7), acima da camada pré-sal, em que foram encontradas reservas de 550 milhões de barris de óleo equivalente

Rodízio de caminhões deve ser prorrogado
Trabalhadores têm medo de demissão com férias coletivas decretadas por montadora
Porto de Paranaguá aumenta exportação de açúcar em 29%

A Petrobras informou ontem à Agência Nacional do Petróleo Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) que encontrou indícios de petróleo no bloco C-M-401 da bacia de Campos. A totalidade da jazida foi adquirida em 2005 pela estatal brasileira na 7ª rodada de licitações de áreas de petróleo e gás natural. Segundo dados da ANP, o poço está a 976 mil metros de profundidade.

No início da noite de segunda-feira, a Petrobras também anunciou a comercialidade de um bloco da bacia de Santos (BM-S-7), acima da camada pré-sal, em que foram encontradas reservas de 550 milhões de barris de óleo equivalente.

Segundo a empresa, o campo é operado pela companhia brasileira (com 63% de participação) e a Repsol participa do consórcio com o restante (37%).

Chamado de Piracucá, o novo campo está localizado em frente ao litoral do estado de São Paulo, a aproximadamente 200 quilômetros da cidade de Santos, em uma profundidade de 200 metros, segundo informou a Petrobras. “Com o novo campo, será possível aumentar o potencial de produção de petróleo leve e gás em águas rasas”, completou a estatal brasileira. (Redação – Gazeta Mercantil)

Link para a matéria

COMMENTS