Grupo Volvo demite 1.543 na Suécia

De acordo com a empresa, a medida é resultado do forte declínio do mercado mundial de veículos pesados

Moinho Pacífico investe em silos para encarar entressafra
Montadoras prevêem queda nas vendas de até 15% no ano
Governo investe R$ 55 milhões em rodovias do Norte do Paraná

O Grupo Volvo anunciou hoje a demissão de 1.543 funcionários na sua fábrica da Suécia, incluindo Volvo Caminhões, Volvo Equipamentos de Construção, Volvo Penta e Volvo Powertrain.

De acordo com a empresa, a medida é resultado do forte declínio do mercado mundial de veículos pesados. “O grupo está sendo forçado a implementar novas reduções no seu quadro de funcionários nas operações da Suécia’, conforme comunicado da empresa.

A Volvo Caminhões vai cortar 655 postos de trabalho, o segmento de Equipamentos de Construção eliminará 125, a Volvo Penta afetará 108 empregados e a Powertraisn mais 655 pessoas.

“Estamos realizando discussões com sindicatos para reduzir o trabalho na semana e gostaríamos de ver a possibilidade de aplicar parte deste anúncio como uma solução positiva. Os acordos são feitos por regiões e estão alinhados com as nossas necessidades das operações”, afirma Stefan Johnsson, vice-presidente do Grupo Volvo e responsável pelo setor de recursos humanos.

Link para a matéria

COMMENTS