Dezesseis frigoríficos brasileiros são habilitados a exportar para o Chile

O governo do Chile comunicou à Secretaria de Defesa Agropecuária, do Ministério da Agricultura (Mapa), a habilitação de 16 frigoríficos para exportação de carne bovina in natura àquele país

Coamo concentra operações de exportação em Paranaguá
DER inicia recuperação da rodovia CE-183
Em 2010, GRU não poderá receber mais voos

Em meio a um cenário de queda nas exportações de carne, fechamento de 32 frigoríficos e demissão de mais de 36 mil funcionários, uma notícia boa para o setor no Brasil. O governo do Chile comunicou à Secretaria de Defesa Agropecuária, do Ministério da Agricultura (Mapa), a habilitação de 16 frigoríficos para exportação de carne bovina in natura àquele país.

Segundo o informe enviado esta semana pelo Servicio Agrícola e Ganadero (SAG) do Chile, os frigoríficos habilitados, que se localizam nos estados de Goiás, Mato Grosso, Minas Gerais e São Paulo, poderão iniciar os embarques do produto nos próximos dias, quando a decisão será publicada na página do (SAG) na internet.

O secretário de Defesa Agropecuária, Inácio Kroetz, ressaltou que o Chile foi um dos grandes importadores da carne bovina in natura brasileira até 2005, quando, devido a casos de aftosa no Brasil, decidiu encerrar as importações. As vendas chegaram a 100 mil toneladas por ano.

“Esse é um mercado importante para o agronegócio brasileiro porque importa cortes especiais é referência para outros mercados, além de ser internacionalmente reconhecido como país livre de febre aftosa sem vacinação”, avaliou Kroetz em nota.

Link para a matéria

COMMENTS