Toyota reduz em 53% produção mundial

A produção da empresa despencou 53%, para 358.573 veículos em fevereiro, comparativamente ao mesmo mês de 2008

Nissan vai ampliar aliança com a Renault
BNDES lança linha de crédito de R$ 6 bilhões para ajudar pequena empresa a enfrentar crise
Deputado quer veículos poluindo menos e economizando mais

A japonesa Toyota Motor Corp., a maior montadora do mundo, disse que sua produção mundial sofreu a maior queda do último período de pelo menos 23 anos, num momento em que a recessão compromete a demanda por veículos na América do Norte e na Europa.

A produção da empresa despencou 53%, para 358.573 veículos em fevereiro, comparativamente ao mesmo mês de 2008, disse a Toyota em comunicado divulgado ontem.

Essa é a maior queda percentual desde que a empresa começou a divulgar esses dados, em janeiro de 1986. A Honda Motor Co., a segunda maior empresa automobilística do Japão, montou 190.680 veículos, volume 43% menor. A produção da Nissan Motor Co., a terceira maior montadora do país, caiu 51%.

A Toyota e outras montadoras japonesas ampliaram os cortes de produção para reduzir os estoques de suas concessionárias. As vendas de automóveis nos Estados Unidos caíram no mês passado para seu menor nível desde dezembro de 1981, depois que a crescente taxa de desemprego e o aperto do crédito desestimularam as compras de carros.

“Gargalo do crédito”

“O gargalo do crédito está matando a demanda nos Estados Unidos””, disse Hitoshi Yamamoto, principal executivo da Fortis Asset Management Japan Co., que administra US$ 5,5 bilhões em ações japonesas. “Uma recuperação nos Estados Unidos é essencial para ajudar as montadoras japonesas a diminuírem o grau de redução da produção.””

Produção cai no JapãoNo mês passado, o ritmo anualizado de venda de automóveis e caminhonetes foi de 9,12 milhões de unidades, inferior aos 15,4 milhões de unidades de um ano antes, segundo a Autodata Corp. As vendas da Toyota despencaram 40%, as da Honda, 38 % e as da Nissan, 37%. A General Motors Corp.., a segunda maior montadora do mundo depois da Toyota, registrou uma queda de 53% na comercialização de seu veículos, enquanto a retração da Ford Motor Co. foi de 48%.

A Toyota, que prevê computar seu primeiro prejuízo líquido dos últimos 59 anos, reduziu sua produção no Japão em 64% no mês passado. Fora do país de origem, montou 217.446 veículos, total 42% menor. As exportações despencaram 69%.

Link para a matéria

COMMENTS