Lucro da Log-In cresce 64,5% em 2008

No quarto trimestre, o lucro líquido somou R$ 26,217 milhões

Carteira de motorista vai ficar mais cara em 2010
Transportadoras recusaram cargas
BB anuncia linha de R$ 3 bi para fabricantes de autopeças

A Log-In Logística Intermodal informou hoje que registrou um lucro líquido de R$ 83,4 milhões em 2008, o que representa um crescimento de 64,5% sobre o ano anterior, quando a empresa obteve um lucro líquido de R$ 50,7 milhões.

No quarto trimestre, o lucro líquido somou R$ 26,217 milhões, um recuo de 21,4% em relação ao mesmo período do ano anterior.

A receita operacional líquida cresceu 27,3% em 2008, em comparação ao ano anterior, para R$ 443,936 milhões. Entre outubro e dezembro, a receita operacional líquida contabilizou R$ 135,422, um aumento de 50,7% em relação a igual período de 2007.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciações e amortizações) ajustado da Log-In totalizou R$ 96,1 milhões em 2008, frente a R$ 84,2 milhões em 2007, o que representa um crescimento de 14,1%. No quarto trimestre, o Ebitda ajustado foi de R$ 37 milhões, um aumento de 1,7% sobre o mesmo período de 2007.

De acordo com Mauro Dias, diretor-presidente e de relações com investidores da Log-In, o ano de 2008 foi um ano de grandes transformações nas atividades, com a entrada em novos mercados e o desenvolvimento de projetos de crescimento em todas as áreas de negócio da Log-In.

“A desaceleração econômica e o cenário de instabilidade requerem cautela, mas também trazem oportunidades de crescimento e consolidação. Acreditamos no potencial de desenvolvimento de nossos negócios no longo prazo, especialmente através dos ganhos de market share em relação a outros modais de transporte”, afirmou em comunicado Dias.

O executivo acredita que com o desaquecimento da economia, ocorra um movimento das empresas em busca de redução de custos logísticos, por meio de alternativas de serviços como os de transporte ferroviário, de navegação costeira e também de gestão logística.

Além disso, ele ressaltou que “a posição de caixa líquido em dezembro era de R$ 145,6 milhões, nossa dívida tem perfil de longo prazo, o que nos coloca em uma boa posição para capturar as oportunidades que deverão surgir”.

Link para a matéria

COMMENTS