Aquidauana e ALL discutem a volta do Trem do Pantanal

o prefeito de Aquidauana, Fauzi Suleiman (PMDB), recebeu esta semana o engenheiro Alencar de Oliveira, da América Latina Logística. A empresa tem a responsabilidade de manter em ordem a via férrea

Produção de veículos cai em setembro e vendas aumentam
Setor automotivo deve investir R$ 24 bilhões até 2015, diz Miguel Jorge
Wilson, Sons investe US$ 50 milhões em cais

Em mais uma das muitas reuniões de trabalho que tem acontecido desde o começo do ano em torno do projeto da volta do Trem do Pantanal, o prefeito de Aquidauana, Fauzi Suleiman (PMDB), recebeu esta semana o engenheiro Alencar de Oliveira, da América Latina Logística. A empresa tem a responsabilidade de manter em ordem a via férrea.

“Todo dia, independente do projeto do Trem do Pantanal, temos trabalhado no trecho”, disse Alencar, referindo-se a manutenção e troca de dormentes. Segundo ele, a meta é trocar 170 dormentes por semana, nos próximos meses. “A linha está ficando boa, segura”, disse, lembrando que não haverá problemas para a circulação do “Pantanal Express”, que percorrerá a uma velocidade média de 30 km por hora.

O chefe do executivo manifestou que sua grande preocupação é no sentido que fique tudo bem. Mencionou a grande contribuição do Governo do Estado com o projeto turístico. Também lembrou ao representante da ALL a urgência da retirada da oficina, que fica nas proximidades da Estevão Alves Correa, onde uma praça deverá ser construída.

Presente ao encontro, o Gerente de Obras, Archibald MacIntire, falou da necessidade de um plano conjunto entre a Prefeitura Municipal e a América Latina Logística para serviços de limpeza, manutenção e segurança do trecho inserido na área urbana de Aquidauana, onde passa a malha ferroviária. Em concordância Alencar lembrou que o acúmulo de entulhos, em alguns trechos, é um dos problemas que precisa ser resolvido, pois contribui para o processo de erosão.

Ao término da reunião houve acordo sobre duas medidas emergenciais no período que antecede o início de operação do Trem do Pantanal: a limpeza e a sensibilização dos moradores que residem nas proximidades do trajeto por onde o veículo passará. Nesta última ação buscar-se-á parceria com a Universidade Federal, através do curso de Turismo.

Link para a matéria

COMMENTS