Todos os pedágios de Santa Catarina entram em funcionamento até abril

Até o momento, quatro praças já foram inauguradas

Lula quer anunciar ainda este ano política regional de aviação
Petrobras Distribuidora registra lucro de R$ 661 milhões no primeiro semestre
Como vencer a luta contra o trânsito

As sete praças de pedágio previstas para funcionar em Santa Catarina devem estar todas operando até o fim de abril. Quatro praças já estão em funcionamento. Segundo a empresa que administra os pedágios, houve atraso nas obras por causa das chuvas de novembro.

As três praças construídas na BR-116 já estão em funcionamento, nos municípios de Correia Pinto e Santa Cecília, no Planalto Serrano, e Monte Castelo, no Planalto Norte. O preço da tarifa é de R$ 2,70 para carros de passeio. Motocicletas pagam R$ 1,35 e, para veículos de grande porte, o valor é por eixo.

Na BR-101, o primeiro posto começou a funcionar no último domingo em Garuva, no Norte. Até o final de abril, outras três praças, em Palhoça, na Grande Florianópolis, Araquari, no Norte, e Porto Belo, no Litoral Norte, também devem começar a cobrança.

Na BR-101, o preço da tarifa será de R$ 1,10 para carros de passeio em cada praça. Motocicletas pagam metade deste valor e veículos de grande porte pagam este valor por eixo.

Como contrapartida pela cobrança, a empresa concessionária precisa prestar uma série de serviços aos usuários das rodovias. Toda praça de cobrança deve ter um posto de atendimento aos motoristas, além de ambulância com UTI móvel.

A manutenção e inspeção das condições das estradas também é uma obrigação contratual. O serviço de guinchos para carros com problemas mecânicos é um dos mais prestados pela empresa.

Link para a matéria

COMMENTS