Pirelli põe 2.500 pessoas em férias coletivas

A Pirelli Pneus informou hoje ao Sindicato dos Borracheiros da Grande São Paulo que vai conceder férias coletivas a 2500 funcionários da unidade de Santo André

Agrale começa ano com novo centro de treinamento
Anac começa a receber sugestões para criação de selo certificador de espaço em aviões
Pague Menos ganha musculatura para abrir capital

Em resposta à crise financeira mundial e em consequência da queda na demanda do setor automotivo, a Pirelli Pneus informou hoje ao Sindicato dos Borracheiros da Grande São Paulo que vai conceder férias coletivas a 2500 funcionários da unidade de Santo André.

“Esta foi uma das alternativas que a empresa encontrou para não mandar os funcionários embora. A questão é que a produção está alta e os estoques também, então é uma questão de ajuste”, afirma Gilberto Rodrigues Cardoso, diretor do Sindicato dos Borracheiros da Grande São Paulo.

De acordo com o sindicato, dos 2.500 funcionários que entrarão de férias, 1.800 atuam na fábrica e o restante no setor administrativo. As férias coletivas terão início em 19 de fevereiro e terminam em 06 de março de 2009. “Esperamos que ao final destas férias as coisas se normalizem e que não ocorram novas demissões”, avalia Cardoso.

A Pirelli Pneus foi procurada mas não quis comentar o assunto. No final de 2008, a empresa já havia anunciado férias coletivas, os funcionários retornaram em 03 de janeiro.

Link para a matéria

COMMENTS