Marcopolo tem novo diretor Comercial para o mercado externo

Paulo Andrade é o novo diretor de Operações Comerciais da empresa para o mercado externo e o executivo tem os objetivos de intensificar as exportações da empresa e reavaliar estratégias comerciais voltadas ao mercado exterior

Cargolift comemora faturamento recorde e amplia frota
Linde e Konecranes iniciam operação conjunta na linha de máquinas de movimentação de contêineres
Projeto cria diretrizes para serviço nacional de mototáxi

marcopoloO administrador de empresa Paulo Andrade é o novo diretor de Operações Comerciais para o mercado externo da Marcopolo. O executivo ocupava, até dezembro de 2008, o cardo de gerente-executivo e a partir de agora será responsável pelos negócios da fabricante na América Latina, África e Oriente Médio.

Dentre os inúmeros desafios de Paulo Andrade no novo cargo estão intensificar as exportações para esses mercados, reavaliar e implementar estratégias comerciais relacionadas ao canal de vendas que elevem ainda mais a competitividade da empresa, identificar a necessidade de novas representações e a abrangência das já existentes e estimular a pró-atividade comercial em vendas e pós-vendas para fortalecimento da imagem da marca Marcopolo em cada país.

“Os mercados da América Latina e África tiveram um ótimo desempenho em 2008, o que permitiu que a Marcopolo aumentasse sua participação em países estratégicos. Para este ano, a meta será intensificar a nossa presença e desenvolver novos mercados e clientes nessas regiões”, declarou Paulo Andrade.

Na Marcopolo desde 1986, Paulo Andrade ingressou na função de inspetor de qualidade. Em 1990, foi nomeado supervisor de produção e começou sua carreira internacional fazendo o acompanhamento dos produtos exportados para o Kuwait, Arábia Saudita e Emirados Árabes e o atendimento aos clientes. Nesta mesma época, mudou-se para o México e deu início aos trabalhos de desenvolvimento da joint venture com a DINA Autobuses. Entre 1995 e 2000, participou também da implantação da primeira fábrica da companhia no exterior, em Portugal.

Já em 2000, Paulo foi nomeado gerente-comercial da Polomex, joint venture da Marcopolo com a Mercedes-Benz, no México. Quatro anos mais tarde, assumiu o posto de diretor-geral da Polomex, cargo que ocupou até dezembro de 2007, quando retornou ao Brasil para assumir a área comercial para o mercado externo, como gerente-executivo.

COMMENTS