Ford dá férias coletivas para 800 trabalhadores em São Bernardo do Campo

800 trabalhadores da fábrica de caminhões da Ford em São Bernardo do Campo vão entrar em férias coletivas para adequar a demanda da produção ao mercado

Feira apresenta últimos lançamentos para setor de transporte
Inspeção veicular ainda encontra resistência entre motoristas, diz especialista
Parceria garante criação de duas linhas terrestres ligando Brasil e Peru

A partir do dia 19 de fevereiro, 800 trabalhadores da fábrica de caminhões da Ford em São Bernardo do Campo vão entrar em férias coletivas para adequar a demanda da produção ao mercado. Os funcionários devem retornar ao trabalho no dia 16 de março. Quatro dias desse período correspondem a banco de horas e compensação.

A fábrica tem cerca de 3,2 mil funcionários. É a primeira vez, desde o agravamento da crise financeira internacional, em setembro, que a Ford dá férias coletivas aos funcionários da fábrica de caminhões em São Bernardo do Campo.

Em nota, o Sindicato dos Metalúrgicos do ABC afiirma que as férias coletivas, férias normais, banco de horas, licença remunerada e redução de jornada são mecanismos de preservação de emprego previstos em lei e negociados com o objetivo de evitar demissões. A diretoria do sindicato defende que todos esses mecanismos de negociação sejam usados antes de qualquer alternativa.

Link para a matéria

COMMENTS