Dnit admite fim das obras na BR-101 só em 2012

Atraso na construção de túneis, viadutos e pontes em Santa Catarina levou governo a adiar previsão de inauguração

Governo vai recuperar rodovia entre Barracão e Santo Antônio do Sudoeste (PR)
Programa da Anac para evitar decolagens em situação irregular vigora em maio
AGV assume área de logística da BASF

O atraso na construção de túneis, viadutos e pontes em Santa Catarina provocou novo adiamento na previsão do fim da duplicação da BR-101, uma das principais ligações do Rio Grande do Sul com o resto do país. O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) admite que parte das obras só ficará pronta a partir de 2012. Se o prazo for cumprido, a rodovia será reinaugurada quatro anos depois da primeira data prometida.

Das quatro construções com o maior atraso, duas sequer contam com processo de licitação: o túnel duplo do Morro dos Cavalos, em Palhoça, na Grande Florianópolis, e parte do elevado de Maracajá, no sul catarinense. O túnel do Morro do Formigão, em Tubarão, e a ponte sobre o Canal de Laranjeiras, em Laguna, têm previsão de conclusão para daqui três anos.

A demora não se resume aos túneis e viadutos. O prazo inicial do Dnit para a entrega dos nove lotes de pavimentação venceu há um ano, mas o órgão garante que todas as pistas estarão liberadas até o fim de 2009.

– Não vamos vender sonhos e dizer que todas as obras ficarão prontas até 2010. Nossa meta é entregar a rodovia duplicada ainda este ano, e o restante até 2012 – afirma o superintendente do Dnit em Santa Catarina, João José dos Santos.

Para cumprir essa promessa, o desafio do órgão está expresso em números. Hoje, 97 quilômetros, ou 39% dos 248,5 quilômetros do trecho catarinense, já estão duplicados e liberados para o trânsito – em novembro, eram 58,3 quilômetros. Os maiores problemas estão na região de Palhoça e de Sombrio, onde nenhum trecho de duplicação está concluído.

– As obras de fato só começaram há três anos e metade das obras especiais já está concluída. Não quero ficar reclamando, mas há que se considerar que no ano passado as precipitações foram atípicas e prejudicaram o nosso trabalho – disse.

Órgão pretende inaugurar trecho gaúcho em 2010

No trecho gaúcho da BR-101, as obras estão mais adiantadas. O Dnit prevê que o segmento entre Osório e Torres esteja pronto em 2010. Viadutos e pontes estão quase prontos, mas ainda faltam os acessos.

As pistas são a parte com o maior atraso no Estado. Cerca de duas dezenas de quilômetros, entre Osório e Capão da Canoa, estão duplicados. Outros pequenos trechos entre Terra de Areia e Três Cachoeiras também.

Link para a matéria

COMMENTS