Qantas é o novo alvo da inglesa British

"Em resposta a especulações recentes na imprensa, a British Airways confirma que está estudando uma fusão potencial com a Qantas por meio de uma estrutura de cotação dupla"

Dragagem total de Itajaí vai até fevereiro
Prazo para certificação de armazéns segue até dezembro
Porto do Rio Grande exibe investimentos em dragagem em feira de logística

A companhia aérea britânica British Airways (BA) anunciou ontem que está “estudando uma fusão potencial” com a companhia Qantas Airways, sua rival australiana, ao mesmo tempo que assegurou que continua conversando com a espanhola Ibéria sobre uma operação similar.

“Em resposta a especulações recentes na imprensa, a British Airways confirma que está estudando uma fusão potencial com a Qantas por meio de uma estrutura de cotação dupla”, nas bolsas de Londres e Sidney, disse em um comunicado a companhia aérea.

“As conversações entre a British Airways e a Iberia continuam. Não há nenhuma garantia de que uma transação vá acontecer e se vai fazer um anúncio em seu devido momento, caso seja apropriado”, segundo a nota.

Conversações em julho – A British Airways e a Iberia anunciaram em julho que estavam mantendo conversações para uma fusão com a finalidade de criar a terceira companhia aérea mundial, em termos de rendas.

Em reação à notícia, as ações da companhia britânica dispararam ontem cerca de 11% na bolsa de Londres.

Estratégias – O setor da aviação, fragilizado primeiro pela escalada dos preços do petróleo nos primeiros meses do ano e agora pela crise econômica mundial, está sedento de fusões a fim de se manter à tona.

Recentemente, o diretor executivo da BA, Willie Walsh, mostrou um grande interesse em uma aliança comercial com a companhia italiana Alitalia, em dificuldades financeiras.

Em outubro, a companhia aérea havia anunciado uma queda de 91,6% em seus lucros semestrais.

A Qantas apresentou na semana passada novos cortes de seus serviços, diante da queda da demanda provocada pela crise.

COMMENTS