Toyota é rebaixada na classificação de risco

A Fitch reduziu ontem a avaliação da dívida privilegiada não-garantida da Toyota em dois níveis, de AAA para AA. Os papéis da Toyota caíram 4,6%, em sua maior retração das últimas duas semanas, e fecharam a 2.985 ienes na Bolsa de Tóquio

Contran proíbe tachas e tachões aplicados na via pública para reduzir velocidade
CNPE aprova aumento para 4% da mistura de biodiesel no diesel
Projetos integrados de transporte de carga vão aliviar o trânsito na região de São Paulo

A classificação de risco da Toyota Motor Corp. foi reduzida pela Fitch Rating, no primeiro rebaixamento da montadora dos últimos 10 anos, uma vez que a queda vertical das vendas de automóveis nos Estados Unidos reduziu os lucros da empresa, que tem a melhor nota de risco do setor.

A Fitch reduziu ontem a avaliação da dívida privilegiada não-garantida da Toyota em dois níveis, de AAA para AA. Os papéis da Toyota caíram 4,6%, em sua maior retração das últimas duas semanas, e fecharam a 2.985 ienes na Bolsa de Tóquio.

Uma classificação de crédito mais baixa eleva o custo de tomada de empréstimos para a Toyota, tolhendo potencialmente sua possibilidade de oferecer financiamentos sem juros para impulsionar suas vendas nos Estados Unidos. A Toyota, que deverá suplantar este ano os 77 anos de reinado da General Motors Corp. como a maior montadora do mundo, deverá registrar também seu pior desempenho em termos de participação de mercado desde, pelo menos, 1975.

“A Toyota está sofrendo muito com a turbulência em curso no setor automobilístico mundial””, disse Tatsuya Mizuno, diretor da Fitch Ratings, no relatório. ““Os desdobramentos negativos no setor são tão significativos e radicais que mesmo a participante mais sólida – a Toyota – não consegue mais sustentar uma classificação AAA.”

O rebaixamento é o primeiro da empresa desde que a Moody”s Investors Service reduziu a classificação de seus títulos de longo prazo de Aaa para Aa1, em 1998. A agência de risco elevou a nota da montadora novamente para Aaa em 2003. A classificação dada pela Standard & Poor”s à empresa é de AAA desde 1985.

“Estamos monitorando de perto a Toyota e principalmente o mercado dos EUA””, disse Junichi Yamaki, analista da Moody”s. Ele preferiu não revelar se a atual classificação será revisada. Osamu Kobayashi, analista da S&P, não pôde ser contatado em seu escritório.

A Toyota tem 289 bilhões de ienes em títulos por vencer este ano, e deve 2,52 trilhões de ienes a serem pagos no ano que vem, segundo dados da Bloomberg.

COMMENTS