Pedágio sobe em mais cinco praças

Outras quatro concessionárias já haviam conseguido judicialmente a aplicação do aumento anual das tarifas

Sistema de transporte rodoviário aumenta custo de produção, avaliam especialistas da CNA e CNT
Contran define calendário para instalação de sistema antifurto
Governo federal vai leiloar mais 4 mil km neste ano

A Justiça Federal do Paraná autorizou, no fim da tarde de quarta-feira, a Caminhos do Paraná a aumentar o valor do pedágio em 9,74% nas suas cinco praças a partir da 0 hora do dia 1º de dezembro. Outras quatro concessionárias já haviam conseguido judicialmente a aplicação do aumento anual das tarifas.

A RodoNorte ainda não havia entrado com ação na Justiça até a tarde de ontem. A Caminhos do Paraná administra trechos das BRs 277, 373 e 476 no Centro do estado, nos Campos Gerais e na região metropolitana de Curitiba. Já estavam autorizadas pela Justiça a aplicar o reajuste a Ecovia,Viapar, Ecocataratas e Econorte.

Na semana passada, o Departamento de Estradas de Rodagem negou o pedido de reajuste, e as empresas entraram com processos para garantir o aumento.

As concessionárias chegam ao porcentual de aumento tomando como base variações de índices divulgados pela Fundação Getúlio Vargas, entre eles o Índice Geral de Preços de Mercado e o Índice Nacional da Construção, aplicados em uma fórmula prevista no contrato de concessão.

COMMENTS