Metalúrgicos da Bosch suspendem greve no Paraná

Os metalúrgicos vão receber abono salarial de R$ 1,5 mil já em dezembro, antecipação da segunda parcela da Participação nos Lucros ou Resultados (PLR) no mesmo mês (cerca de R$ 1 mil) e o reajuste salarial em março

Petrobras quer criar maior parque tecnológico de petróleo e gás
Deutsche Post corta 15 mil empregos
Ministro visita portos danificados pela chuva em Santa Catarina

Os trabalhadores da Bosch, maior indústria metalúrgica do Paraná, decidiram na última quarta-feira, em assembléia geral, voltar ao trabalho após três dias de greve. Segundo a assessoria do Sindicato dos Metalúrgicos da Grande Curitiba (SMC) , a grande maioria dos cerca de 4,4 mil metalúrgicos aceitou a proposta da empresa. Eles consideraram  que  houve avanço significativo em relação ao que vinha sendo oferecido à  categoria, que tem data base em 1º de dezembro.

Os metalúrgicos vão receber abono salarial de R$ 1,5 mil já em dezembro, antecipação da segunda parcela da Participação nos Lucros ou Resultados (PLR) no mesmo mês (cerca de R$ 1 mil) e o reajuste salarial em março de 2009, composto de aumento real de 3,6% e reposição de 100% da inflação acumulada nos últimos doze meses (prevista pela Dieese em 7,15%).  De acordo com assessoria da entidade, ficou decidido também que os dias parados não serão descontados e nem compensados.

O sindicato informou que a campanha salarial dos metalúrgicos da Grande Curitiba, que envolve cerca de 30 mil trabalhadores, continuará em outras indústrias do setor. (Lúcia Norcio – Repórter da Agência Brasil)

Link para a matéria

COMMENTS