Alitalia anuncia redução dos vôos

Segundo Fantozzi, a redução se deve à "falta de pessoal e a algumas turbulências na companhia" e tem o objetivo de "manter os vôos regulares para dar garantia a quem voa"

IATA “em estado de choque” com queda em 22,6% do transporte internacional de carga
Sepetiba pode ter instalações ampliadas
Proposta amplia tolerância de peso em veículo de carga

Augusto Fantozzi, nomeado interventor da Alitalia para administrar a reestruturação da empresa, anunciou ontem que a companhia reduzirá o número de vôos a partir do próximo dia 26.

Segundo Fantozzi, a redução se deve à “falta de pessoal e a algumas turbulências na companhia” e tem o objetivo de “manter os vôos regulares para dar garantia a quem voa”.

A Companhia Aérea Italiana (CAI), constituída por um grupo de empresários italianos, comprou a parte rentável da Alitalia para relançar a atividade da empresa, porém encontra sérias dificuldades porque cinco sindicatos de funcionários se opõem à operação.

“Italianos que vivem no exterior me escreveram para oferecer dinheiro com soluções generosas, porém não acredito que sejam necessárias ajudas. Ajuda-se a Alitalia voando-se com a Alitalia”, explicou o interventor.

COMMENTS